quinta-feira, junho 19, 2008

lista de candidatos processados

Presidente do TSE informou ontem que o tribunal não conseguiu compilar em tempo hábil informações sobre a vida pregressa dos candidatos(Acho pq a lista é imensa).
No dia em que o presidente do TSE, min. Carlos Ayres Britto, recuou da decisão de divulgar os candidatos às eleições municipais de outubro que respondem a processos judiciais, a Associação dos Magistrados do Brasil (AMB) anunciou que irá tornar a lista pública em seu site na internet. O presidente da AMB, Mozart Valadares, afirmou que a lista será divulgada até agosto. Nela, serão relacionados processos criminais, ações de improbidade administrativa e contas desaprovadas pelo TCU em caso de candidatos que já exerceram cargo na administração pública. A entidade, que pretende levantar os dados após o registro de todas as candidaturas, prometeu encaminhar as informações aos juízes eleitorais de todo o país, recomendando que disponibilizem por outros meios os dados aos eleitores de suas cidades. A decisão de divulgar a relação ficará a cargo de cada juiz. — A AMB vai dar informações sobre esses candidatos para que, se o eleitor fizer essa escolha, saiba que o candidato responde a processo — afirmou o coordenador da campanha, juiz Paulo Henrique Machado.
A ação faz parte da campanha Eleições Limpas, lançada ontem pela AMB em parceria com o TSE. A entidade confeccionou um manual para ser entregue aos cerca de três mil juízes eleitorais recomendando que eles promovam audiências nas comunidades para esclarecimentos sobre práticas abusivas dos candidatos .
Fonte:www.clicrbs.com.br

2 comentários:

Antonio Paulo disse...

Esta mais do que na hora de sabermos em quem votar, porque quem se interessar e participar as outras pessoas o que aqueles mentirosos a sua frente já fizeram de errado,com certeza não vai acabar com todos de uma só vez mais vai diminuir em muito o numero de falsarios em eleições futuras, e eu tenho coragem para dizer na cara deles não votarei em você por isso ou por aquilo, contem comigo.

Fê disse...

È necessário tb os eleitores quererem saber em quem estão votando.As coisas tem d mudar.Assim como tá não pode continuar.Um abraço.