segunda-feira, maio 26, 2008

Produtores organizam megaprotesto

Pensou que fosse no Brasil?
É claro que não é.É na Argentina.
Em Rosário, à beira do Rio Paraná, as lideranças das quatro maiores associações agropecuárias da Argentina anunciaram ontem, durante gigantesca manifestação, que se não houver acordo com o governo retomarão marchas de protesto e os piquetes nas estradas.Os ruralistas exigem o fim dos aumentos nos impostos sobre as exportações agrícolas e das restrições sobre as vendas de carne e trigo ao Exterior.Maior porto de cereais do país, Rosário teria reunido, segundo os organizadores do protesto, 300 mil pessoas. Avaliações mais moderadas, no entanto, sustentavam que havia entre 200 e 250 mil manifestantes, o que ainda assim constituiria a maior concentração popular realizada contra um governo desde a volta da democracia, em 1983.

Um comentário:

Antonio Paulo disse...

Não poderia mesmo ser no BRASIL onde deveríamos ser apenas pastores de ovelhas, tamanha subserviência, o povo tem que ir atrás dos seus interesses.