sexta-feira, julho 31, 2009

PANDEMIA DE LUCRO

Que interesses econômicos se movem por detrás da gripe A1N1???
No mundo, a cada ano morrem milhões de pessoas vitimas da Malária que se podia prevenir com um simples mosquiteiro.
Os noticiários, disto nada falam!
No mundo, por ano morrem 2 milhões de crianças com diarreia que se poderia evitar com um simples soro que custa 25 centimos.
Os noticiários disto nada falam!
Sarampo, pneumonia e enfermidades curáveis com vacinas baratas, provocam a morte de 10 milhões de pessoas a cada ano.
Os noticiários disto nada falam!
Mas há cerca de 10 anos, quando apareceu a famosa gripe das aves……
os noticiários mundiais inundaram-se de notícias…
Uma epidemia, a mais perigosa de todas…
Uma Pandemia!
Só se falava da terrífica enfermidade das aves.
Não obstante, a gripe das aves apenas causou a morte de 250 pessoas, em 10 anos…
25 mortos por ano.
A gripe comum, mata por ano meio milhão de pessoas no mundo. Meio milhão contra 25
.

Um momento, um momento.
Então, por que se armou tanto escândalo com a gripe das aves?
Porque atrás desses frangos havia um “galo”, um galo de crista grande.
A farmacêutica transnacional Roche com o seu famoso Tamiflú vendeu milhões de doses aos países asiáticos.
Ainda que o Tamiflú seja de duvidosa eficácia, o governo britânico comprou 14 milhões de doses para prevenir a sua população.
Com a gripe das aves, a Roche e a Relenza, as duas maiores empresas farmacêuticas que vendem os antivirais, obtiveram milhões de dólares de lucro.
Antes com os frangos e agora com os porcos.
Sim, agora começou a psicose da gripe suina.
E todos os noticiários do mundo só falam disso…
Já não se fala da crise econômica nem dos torturados em Guantánamo…
Só a gripe suína…
E eu pergunto-me: se atrás dos frangos havia um “galo”…
atrás dos porcos…
não haverá um “grande porco”?
A empresa norte-americana Gilead Sciences tem a patente do Tamiflú.
O principal acionista desta empresa é nada menos que um personagem sinistro, Donald Rumsfeld, secretario da defesa de George Bush, artífice da guerra contra Iraque…
Os acionistas das farmacêuticas Roche e Relenza estão esfregando as mãos, estão felizes pelas suas vendas novamente milionárias com o duvidoso Tamiflú.
A verdadeira pandemia é de lucro, os enormes lucros destes mercenários da saúde.
Não nego as necessárias medidas de precaução que estão a ser tomadas pelos países.
Mas se a gripe A1N1 é uma pandemia tão terrível como anunciam os meios de comunicação, porque a Organização Mundial de Saúde que se preocupa tanto com esta enfermidade não a declara como um problema de saúde pública mundial e autoriza o fabrico de medicamentos genéricos para combatê-la?
Prescindir das patentes da Roche e Relenza e distribuir medicamentos genéricos gratuitos a todos os países, especialmente os pobres.
Essa seria a melhor solução.

-
Odivan de Costa
- Graduando de Engenharia Civil - UFSM- Estagiário da BK Construções Ltda- Integrante da equipe técnica e audiovisual da Webradio Trindade Santa -
www.trindadesanta.com.br
Recebi do Éverton, e quis compartilhar com os amigos do blog.

quarta-feira, julho 29, 2009

Que filhos estamos deixando para o planeta?


Essa pergunta foi a vencedora em um congresso sobre vida sustentável.
"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos...
Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"
Precisamos começar JÁ!
Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive...

terça-feira, julho 28, 2009

Diferenças da Gripe Comum e Influenza A


ex-prefeito tem de pagar R$ 1,7 mi por não prestar contas

Rio: ex-prefeito tem de pagar R$ 1,7 mi por não prestar contas.
O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou, nesta terça-feira, o ex-prefeito da cidade de Magé (RJ), Nelson Costa Mello, a pagar R$ 1.714.176,28 por não prestar contas de recursos federais repassados para a merenda escolar na cidade. Cabe recurso da decisão.
A verba foi cedida pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a implantação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).
O ex-prefeito ainda foi multado em R$ 23 mil. A ex-presidente do Conselho de Administração Escolar (CAE) Maria de Nazareth de Figueiredo foi multada em R$ 3 mil. O relator do processo foi o ministro Valmir Campelo.
Fonte: notícias Terra.
Pergunta: Quando a justiça irá dar uma resposta ao povo de Gravatai?

segunda-feira, julho 27, 2009

Um polêmico prefeito

Prefeito de Formigueiro,João Natalício oferece 0,1% de aumento aos servidores e rompe com vereadores .

A Câmara de Vereadores, o Sindicato dos Servidores Municipais de Formigueiro (Simfor) e a Associação dos Professores de Formigueiro (Aprofor) estão em pé de guerra com o prefeito João Natalício Siqueira da Silva (PP).
Mesmo com seis dos nove vereadores sendo da bancada governista, o prefeito não tem conseguido aprovar os projetos que manda para a Câmara.
Sem o respaldo do Legislativo, João Natalício rompeu com os vereadores, e não há mais diálogo entre os parlamentares e a prefeitura.
Na Câmara, não há mais um líder de governo.
A rixa tem sido assunto frequente nas rádios da cidade de 7 mil habitantes.
A briga se acirrou quando o prefeito enviou uma proposta de 0,1% de revisão salarial para os servidores.
Vereadores e sindicalistas classificaram como um deboche o reajuste oferecido, tanto que a Câmara não chegou a votar o projeto, acatando o parecer de ilegalidade da Comissão de Justiça e Redação.
Para tentar conseguir um aumento mais significativo, os servidores irão entrar com um processo na Justiça. Se isso ocorrer, esse será o 12º processo judicial de servidores contra o prefeito.
Os outros 11 acusam o progressista de autoristarismo e abuso de poder.
Segundo o presidente
do Sindicato dos Servidores, Odi Martini, os funcionários estão processando o prefeito por transferências irregulares de locais de trabalho, perseguição política e humilhação de servidores. No último sábado, os dois sindicatos iriam realizar um protesto na Praça Central, mas a manifestação foi adiada.
Martini diz que essas são as únicas formas de serem ouvidos pelo prefeito: por meio de ações judiciais ou protestos.
– Não há diálogo com a prefeitura.
Nós mandamos ofício pedindo audiência com o prefeito que até hoje não respondeu.
Nós gostaríamos de buscar reposição salarial com diálogo, mas viemos sofrendo nos anos de mandato do João (Natalício) – diz o presidente do sindicato.
Aumentos – Em contrapartida, o prefeito mandou para a Câmara um projeto pedindo gratificação de 30% no salário de seu motorista e outro pedindo um aumento diferenciado para o assessor jurídico da prefeitura, o diretor do Hospital Municipal, o diretor do Departamento de Serviços Urbanos, o diretor de Departamento Municipal de Estradas Rurais e para seu chefe de Gabinete.
Em outro projeto, o prefeito propôs mudanças nos valores das diárias pagas pela prefeitura.
De acordo com o vereador Geraldo Giacomini (PP), o projeto das diárias previa um aumento de 103% nos valores a serem pagos ao prefeito, e 20% para alguns servidores.
– Isso é um deboche ao funcionalismo. Chamamos o secretário da Fazenda aqui (na Câmara), e ele expôs os dados da prefeitura, provando que é possível um reajuste melhor. O reajuste não foi dado por única e exclusiva falta de vontade do prefeito – diz Giacomini, que é da base aliada.
Integrante da Comissão de Justiça e Redação, o vereador Idélio Foletto (PMDB), diz que o projeto era ilegal por causa da desproporcionalidade dos valores.
Fonte Diário de Santa Maria

A Crise segundo Albert Einstein

“Não podemos querer que as coisas mudem se sempre fazemos o mesmo.
A crise é a maior bênção que pode acontecer as pessoas e aos países, porque a crise traz progressos.
A criatividade nasce da angústia assim como o dia nasce da noite escura.
É na crise que nascem os inventos, os descobrimentos e grandes estratégias.
Quem supera a crise se supera a si mesmo sem ter sido superado.
Quem atribui a crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais os problemas que as soluções.
A verdadeira crise, é a crise da incompetência.
. O inconveniente das pessoas e dos países é a dificuldade para encontrar as saídas e as soluções. Sem crises não há desafios, sem desafios a vida é uma rotina, uma lenta agonia.
Sem crises não há méritos.
É na crise que aflora o melhor de cada um, porque sem crise todo vento é uma carícia.
Falar da crise é promovê-la,e calar-se na crise é exaltar o conformismo.
Em vez disto, trabalhemos duro.
Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la."
M.Obrigada Éverton, por este texto.

sexta-feira, julho 24, 2009

Meta descumprida há anos e a volta do CPMF

Hoje o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, durante uma entrevista no programa Atualidade, se mostrou favorável à recriação da CPMF, que, segundo ele, era a principal fonte de recursos para a saúde.
Deve estar "tirando o sarro dos cidadãos brasileiros", pois justamente hoje está noticiado que a União teve a META DESCUMPRIDA na área da saúde.
Menos R$ 5,5 bilhões para a saúde
Levantamento inédito do Ministério Público Federal (MPF) do Distrito Federal mostra que a União deixou de aplicar na saúde quase R$ 5,5 bi entre 2000 e 2009. Essa quantia seria necessária para o cumprimento da Emenda 29, que fixa gastos mínimos destinados ao setor. Desde que a regra passou a valer, em 2000, a União conseguiu cumprir o piso apenas em 2003.

Vejam a imagem


Esta foto está na contracapa do jornal ZH.
Foi tirada pela Cynthia Vanzella, durante a operação Porto Alegre Segura, com 300 policiais militares em becos e vilas na zona norte.
Vê se não "dá" vontade de tirar aquela criança desta foto, na verdade da vida que ela leva.
Fiquei comovida pela inocência e curiosidade deste anjo.
Qual será o futuro dela?

Corrupção leva políticos à cadeia

Um grande escândalo de corrupção e lavagem de dinheiro levou ontem à prisão de 44 pessoas , incluindo parlamentares, prefeitos e rabinos.

Pensou que é pegadinha?
Não é, pois não foi no Brasil e sim no Estado de New Jersey, nos EUA.

Entre os detidos estão Peter Cammarano III, prefeito recém-eleito de Hoboken, e o deputado estadual Daniel Van Pelt. A peça-chave das investigações é o empresário Solomon Dwek, preso em 2006 por fraude bancária. Ele teria feito um acordo com o FBI (polícia federal dos EUA), pelo qual simulou tentativas de suborno de diversos políticos.
Os que aceitaram a proposta foram presos

quinta-feira, julho 23, 2009

Um Amigo para chamar de "meu"

Na série do romance "Crepúsculo", o qual estou no terceiro livro, a personagem principal que é a Bella tem como melhor amigo, um jovem, que atualmente "virou" lobisomem.
Isto me lembra que há anos eu comento que tenho vontade de ter um amigo gay.
Tenho amigas que tem, mas elas moram em outra cidade.
Uma aqui de Gravataí tem "casal" de amigos gays, mas eles parecem "machos".
Assim eu não quero.
Além de ser gay, tem que parecer gay.
Quando eu comento esta minha vontade, tem gente que acha engraçado, mas estou sendo mais que sincera. Tenho inveja das mulheres que tem este privilégio.
Eu ainda quero ter um amigo gay.
Tenho amigos homens, mulheres, de todas as idades, de todas classes sociais e de todas as cores, mas gay não.


Será que é tão difícil?


No meio do caminho

"No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.
Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra.

Carlos Drummond de Andrade

Então, vamos tirar a pedra do meio do caminho...........

quarta-feira, julho 22, 2009

Deputada Emília Fernandes


Está na coluna da Ana Amélia(ZH) que a Emília está magoada porque Olívio e Tarso não deram "nenhum" telefonema para ela.
Fez uma festa de aniversário para 1.500 pessoas e blá, blá...
De todos os votos que eu dei, o de 1994 para senadora foi o que mais me arrependi.
Ela trocou de partido, mais que de calcinhas.
Acompanhei o vergonhoso mandato de senadora.
Antes de assumir "comprou" briga pelo um determinado apto em Brasília para o filho dela, que foi o seu assessor. ( li na época no ZH).
Numa CPI, lembro que ao Vivo, ela fez uma pergunta idiota ao "acusado", foi motivo de deboche em rede nacional.
Não recordo a pergunta, nem o caso específico.
Sempre estava em cima do muro.
Não conseguiu se reeleger para o senado em 2002, graças a Deus.
Assumiu a secretaria das mulheres (com estato de ministério), só incomodou o Lula com bobagens e perdeu o cargo.
E em 2006 ficou como suplente.
Assumiu a vaga na câmara porque o deputado Adão Pretto faleceu. .
E agora "saiu" uma notinha do seu aniversário dia desses na Página 10 e hoje novamente na coluna da Ana Amélia.
Pedi por e-mail ao jornalistas, que quando tiverem (o que eu duvide muito) algo concreto da deputada que seja útil para o povo gaúcho, que publiquem, caso contrário, pedi o favor de procurarem notícias mais importantes.
Esta Emília, é mulher, professora e minha conterrânea (nasceu em Dom Pedrito).
Para me envergonhar mais, só falta eu descobrir que é colorada.
Que vergonha.

Ganhei a tarde, saberei aproveitar?

Estava hoje no início da tarde pronta para ir na minha aula de espanhol.Quando recebi um telefonema, informando que foram suspensas as aulas porque uma professora foi para o hospital com suspeita de estar com a Gripe A.
Portanto ganhei uma tarde, na minha vida.
O que faço?
Pensei em muitas coisas e descobri que uma tarde é muito curta.
"A vida é uma peça de teatro que não premite ensaios.por isso cante, chore, ria e viva intensamente antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos."
Charles Chaplin

terça-feira, julho 21, 2009

Não entendi a grosseria

Na sexta-feira liguei para a distribuidora de água (qual eu sou cliente) e pedi para entrar em contato com uma pessoa que quer comprar 500 bambonas por mês para uma empresa aqui em Gravataí.
Eu só estava fazendo uma gentileza, mais nada.
Na distribuidora, atendeu uma moça e disse que os proprietários não estavam. Passei o recado. A atendente pediu o número do meu telefone, informei, mas disse que não era nada comigo.
Na segunda-feira a dona da distribuidora (é minha vizinha) me ligou, “repeti” que eu não trabalho na empresa, só fiz o contato, e questionei porque ela não retornou na sexta para a pessoa da empresa que quer comprar a água.
Ela disse que ligou para mim, mas eu não estava. (e então não telefonou para a parte interessada, acho porque eu informei o nº do celular e não fixo).
Eu repeti que não é comigo “a compra”, eu somente indiquei. E quando questionei se a atendente não sabe dar recado, a mulher ficou furiosa e disse” obrigada, sim?”e desligou o telefone na minha casa.
Até agora eu não entendi a grosseria da dona da distribuidora de água, em plena segunda-feira.

Ajudando os nossos parlamentares

Enviei para todos nos nossos representantes (55 dep.estaduais,31 dep.federais e 3 senadores), na esperança que um dia a coisa mude.
Como eu sei que os senhores são muito atarefados, afinal trabalham em benefício do povo gaúcho. Deduzi que falta tempo para acessar o site Transparência Brasil.
Na condição de eleitora, sinto-me na obrigação de enviar para todos:
O manual de aplicação da metodologia de levantamento do mapa de riscos de corrupção em instituições públicas, preparado pela Transparência Brasil no âmbito de parceria com a Controladoria-Geral da União.
A metodologia foi concebida para permitir a auto-aplicação pelos servidores dos órgãos públicos. Trata-se de um instrumento auxiliar na prevenção à corrupção.
http://www.transparencia.org.br/index.html
Tenho certeza da importância deste manual para o exercício do mandato de todos.
Atenciosamente

Obs: enviei em anexo, o manual (disponível no site)

Violência pode matar 33 mil jovens no Brasil em 7 anos, aponta estudo

Em um período de sete anos, 33.504 adolescentes brasileiros serão assassinados. Esta é a estimativa de um estudo inédito divulgado nesta terça-feira pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
O levantamento foi realizado pelo Laboratório de Análise da Violência da Uerj (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), em parceria com o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e com o Observatório de Favelas. A estimativa foi feita com base em dados de 2006, considerando-se a hipótese de que as circunstâncias observadas naquele ano sejam mantidas.Para o desenvolvimento do estudo, foram coletadas informações sobre as causas de mortes entre jovens de 12 a 19 anos de idade em 267 municípios, todos com mais 100 mil habitantes.Os resultados apresentam também o Índice de Homicídios na Adolescência (IHA) no Brasil, que mede a probabilidade de um adolescente ser assassinado. O valor médio do IHA brasileiro é de 2,03, ou seja, de cada mil adolescentes, 2,03 serão vítimas de homicídio antes de completar os 19 anos."Esta cifra por si só deveria ser suficiente para transmitir a gravidade do fenômeno no Brasil, particularmente se lembrarmos que o homicídio contra adolescentes deveria ser, a princípio, um fato extremamente raro em qualquer sociedade", diz o estudo.
Fonte:Último Segundo

segunda-feira, julho 20, 2009

Eclipse


"No silêncio mortal, todos os detalhes de repente se encaixaram, numa explosão de intuição.Havia algo que Edward não queria que eu soubesse. Algo que Jacob não teria escondido de mim. Algo quepôs tanto os Cullen quanto os lobos no bosque, movendo-se juntos numa proximidade perigosa. (?) Algo que eu, de algum modo, esperava. Que eu sabia que aconteceria de novo, tanto quanto desejava que jamais acontecesse. Nunca teria um fim, teria?"Enquanto Seattle é assolada por uma sequência de assassinatos misteriosos e uma vampira maligna continua em sua busca por vingança, Bella está cercada de outros perigos. Em meio a isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob "uma opção que tem o potencial para reacender o conflito perene entre vampiros e lobisomens. Com a proximidade da formatura, Bella vive mais um dilema: vida ou morte. Mas o que representará cada uma dessas escolhas"
Começarei a ler hoje este livro, espero encontrar mais romance.
Soube hoje pela minha amiga Tauna que o filme "Lua Nova" chegará no Brasil em novembro.
Por sinal os livros são dela.
Por que será que nós mulheres adoramos romance, histórias de amor, mesmo que seja algo irreal?

Lua Nova


"Para Bella Swan, há uma coisa mais importante do que a própria vida: Edward Cullen. Mas estar apaixonada por um vampiro é ainda mais perigoso do que ela poderia ter imaginado. Edward já resgatara Bella das garras de um mostro cruel, mas agora, quando o relacionamento ousado do casal ameaça tudo o que lhes é próximo e querido, eles percebem que seus problemas podem estar apenas começando..."
Terminei a leitura deste livro, que é a continuação do Crepúsculo.
O vampiro "vai embora" no terceiro capítulo e só retorna no final do livro.
A Bella sofreu "por amor" o "livro" todo,e o pior que o seu melhor amigo, se transformou num lobisomem.
E ela ainda é humana.
Eu espero que o terceiro livro:Eclipe, tenha mais amor e menos tristeza.

Enquanto houver amizade...



Clique na mensagem para ler.

quinta-feira, julho 16, 2009

Democracia tem limite

Não gosto da maneira autoritária da Yeda. Discordo de várias atitudes e ações do atual governo.
Sei que denúncias de irregularidades e corrupção são muito grandes, por isso acho que este governo está coberto de lamas.
Acho que os órgãos públicos, agindo com descaso, com lentidão, não dando uma resposta concreta a sociedade, estão de certa forma "nos dizendo" que corrupção existe.
Não gosto da Yeda, mas neste momento preciso dizer que o CPERS foi longe demais, ou seja, há muito tempo, está agindo sem respeito, sem limite e o pior, sem educação.
Querem protestar, protestem, mas em frente ao Palácio Piratini.
Não tem cabimento o protesto acontecer em frente à residência da governadora.
Se há suspeitas de uso de caixa dois na compra da casa, que seja esclarecido à sociedade. Que a Yeda seja punida.
Protestar numa rua residencial, "atrapalhar" o dia dos vizinhos, é um desrespeito.
Educação deveria ser fundamental nas atitudes dos professores, mas pelo jeito, esta turma do CPERS, não sabe o que é isso.

quarta-feira, julho 15, 2009

Minha Sogra na TV

Hoje assistindo no Jornal do Almoço, uma reportagem sobre a vinda da GM para Gravataí. Quando vejo a minha sogra "Falando" ao repórter sobre a vinda da empresa para o município.
Ela disse que iria embora, mas com a vinda da GM , ela ficou, porque terá empregos para os filhos e netos.
Eu não sabia que ela iria embora.Não foi, graças a GM.
Então bendita seja a GM.
Hoje às 20 horas irei na missa (sério), vou até agradecer a vinda da GM.
Vocês já pensaram como seria a minha vida longe da minha sogra?
10 km eu acho muito, imagina cidades diferentes.
Assim não dá, assim não pode.

Não podemos se entregar para os "homens" de jeito nenhum

“. o conformismo será sempre a pior atitude.A sociedade precisa reagir aos maus políticos.."

." nós todos não estamos reagindo coletivamente para livrar o país dos criminosos que agem impunemente em todos os estamentos da sociedade brasileira."
Frases dos editoriais do jornal Zero Hora dos dias 10 e 11/7:
Anestesia Ética e É Hora de Reagir

Há anos venho dizendo que a situação está cada vez pior, porque os eleitores não cobram, não fiscalizam e na maioria das vezes agem iguais ou pior que os políticos.
"Eles" somente são uma parcela da sociedade, que os coloca "lá" e os reelegem.
Mais de uma vez sugeri ao Grupo RBS fazer uma "Campanha" para um eleitor consciente, responsável e fiscalizador.
Talvez a imprensa ache que não terá o apoio da sociedade, mas vale à pena tentar.
É preciso urgente "acordar" este povo acomodado, inerte e omisso. Podemos sim, mudar a "nossa história”.
Só depende de nós, o coletivo.
Muito belo os editoriais, mas aquelas "palavras" têm que serem colocadas na consciência de cada um.
Este povo precisa ser "sacudido".
É obrigação sabermos o que "eles" estão fazendo.
Enquanto cada um não fizer a sua parte, a ação dos ladrões continuará "incontrolável"; o triunfo será dos maus feitores.
Seja cidadão responsável, esteja atento no que é seu.
Fiscalize, cobre e não espere somente pelos outros.

terça-feira, julho 14, 2009

A Crise no Piratini

Há tantas crises no atual governo, que não saberia contar.
São tantas trocas de secretários, com certeza é o recorde de todos os governos.
São denúncias demais, e isto me preocupa.
Se uma parcela delas for verdade, temos pessoas no poder, nos roubando.
Se for mentira, temos caluniadores destruindo a "vida" dos acusados.
Fico indignada com o silêncio da "Justiça", com esta lentidão, que não dá uma resposta a sociedade.
Para mim, é um desrespeito dos "órgãos competentes" com a sociedade.
Perdem todos, mas principalmente os cidadãos honestos que assistem a cada dia mais denúncias e mais omissão dos MPF e MPE.
Uma "coisa" é certa, a difícil convivência da governadora, a sua incapacidade de dialogar com a sua equipe e seus aliados.

sexta-feira, julho 10, 2009

Refletir

"Sei agora por que Deus decreta a morte de pessoas queridas. Ele quer testar a capacidade de suportar a dor por parte dos parentes e amigos da pessoa que morre.Se alguém consegue sobreviver à morte de um filho, de um pai, de uma mãe ou de qualquer pessoa amada, então pode declarar que conheceu a face mais dolorosa da vida, pode declarar que é enfim uma pessoa humana apta a todos os embates que ainda poderão advir."
Paulo Sant'Ana

quinta-feira, julho 09, 2009

Lula:o defensor nº 1 da podridão na esfera federal

"A Fundação José Sarney - entidade privada instituída pelo presidente do Senado, José Sarney, para manter um museu com o acervo do período em que foi presidente da República - desviou para empresas fantasmas e outras da família do próprio senador dinheiro da Petrobras repassado em forma de patrocínio para um projeto cultural que nunca saiu do papel. As informações são do jornal "O Estado de São Paulo". (09/7)
Está é "apenas" a "atual" denúncia, pois a última quando será?
Sarney deve estar tranquilo, afinal tem o advogado nº 1 do Brasil, que é o presidente da república.
Lula é o defensor do que há de pior em Brasília.
Cada dia que passa o Sarney se afunda no atoleiro de lamas e desvios do Erário. E continua dormindo "sem peso na consciência", afinal nem sabe o que é isso.
E esse povo não reage, não condena e deve até achar bonito tudo isso, pois na próxima eleição elegerá esta corja de larápios.
Dizem que tudo em "nome" da aliança para eleger a Dilma, na verdade é tudo em nome da falta de respeito, de ética e da certeza da impunidade.
Vale tudo para estar no Poder. E que Poder!

quarta-feira, julho 08, 2009

Crepúsculo



"Isabella, uma jovem americana recém-chegada à cidade de Forks, estava convicta de três coisas: Edward era um vampiro, havia uma parte dele que tinha sede do seu sangue e ela estava totalmente apaixonada. Só não percebe que quanto mais se aproxima dele, maior o perigo."
Primeiro livro da série de Stephenie Meyer que se tornou fenômeno de vendas
Estou terminando de ler este romance, e confesso, como também vi o filme. Sou uma das milhares de leitoras que ficaram apaixonadas pelo "vampiro".
Um homem lindo, sedutor, inteligente, galanteador e eterno.
Por este vampiro, eu revejo os meus conceitos e até perco o medo. (heheeh).

Onde Parar

Ainda sobre a cara do Michael Jackson: fiquei pensando em como um dos grandes problemas da humanidade é não saber onde parar. É um defeito que nos aflige de várias maneiras, desde não saber parar antes que um hábito se torne um vício até não saber parar de especular sobre a natureza do Universo antes de sucumbir à loucura. O Michael Jackson não soube onde parar de refazer a própria cara. Você e eu conhecemos muita gente que não soube parar de retocar a sua e também já ultrapassou a fronteira do grotesco irreversível. Faltou alguém para lhes dizer: “Pare! Assim está bom. Nem um puxado a mais”.A atual crise financeira mundial se deveu à incapacidade dos grandes financistas de Wall Street em reconhecer quando o lucro excessivo se tornava lucro obsceno. Ou seja, em saber onde parar. A questão da corrupção e da desigualdade extrema se resolveria se houvesse um dispositivo interior que alertasse quando o dinheiro roubado ou acumulado se tornasse demais, algo que avisasse “agora chega, nem um centavo a mais”. Porque, como se sabe, não são os milhões que corrompem e arruínam – é o centavo a mais. Aquele um centavo além do razoável, a perdição dos que não sabem onde parar.Grandes artistas são os que sabem instintivamente onde parar. Pode-se imaginar um Velázquez decidindo que uma das suas pinturas estava pronta. Que uma pincelada a mais – como o centavo a mais do corrupto e do rico gananciosos – faria tudo desandar. Ou um poeta depois do último retoque, da última microcirurgia estética no seu poema, lançando-o, certo de que não falta ou sobra uma palavra. É verdade que o instinto nem sempre ajuda. O Jorge Luis Borges dizia que o escritor publica seus livros para livrar-se deles, para não ficar reescrevendo-os ao infinito. Mas Borges, que nunca fez um texto muito longo, foi um grande exemplo de quem sempre soube onde parar.Nas especulações sobre as primeiras coisas do Universo, saber parar também pareceria importante. Parar em Deus, criador do céu e da terra, e ficar por aí para prevenir maiores angústias, seria uma forma de sabedoria. Mas outros não se contentam com uma explicação teológica que relega o resto a um mistério que não nos diz respeito, e dizem que isto seria como decidir parar de pensar. Já outros...Mas acho melhor parar por aqui.
L.F.Veríssimo

terça-feira, julho 07, 2009

Sou tia, e assim gosto de ser chamada

Tenho vários sobrinhos, uns moram em Curitiba, um no exterior e as duas filhas do meu irmão em Santa Maria.
Os filhos das minhas irmãs me chamam de tia.
Agora a mais velha( 24 anos) do meu irmão , nunca me chamou de tia. A caçula(16 anos) até os 14 anos me chamava e parou porque diz que isso é coisa de criança.
Não sei explicar, mas me incomoda profundamente elas me chamarem pelo nome.
Gosto muito dessas sobrinhas, alías eu convivo mais com elas. A caçula tem vindo passar as férias conosco.É uma garota maravilhosa, tenho-a como filha.
Eu sei do sentimento que ela tem por mim, é de carinho, respeito e também sei o quanto ela me quer bem.
Não é o fato de chamar de tia, que mudará o que está no coração. Tenho consciência disto.
Mas não me chamarem de tia, sempre me incomodou. Não gosto.
E também “me incomoda” eu “dar” importância para isto. Não queria sentir-me assim. Mas está além dos meus poderes de escolher o que sentir ou deixar de sentir.
Acho que nem Sigmund Freud explica.

segunda-feira, julho 06, 2009

Iotti




Eu menti, eu confesso! To arrependido!


-Aqui não é aquela várzea do senado!


Vai pra cassaçon!




Brilhante o Iotti











Que absurdo:Vendas de ingressos para o velório,sem corpo presente

Ingressos que foram sorteados pela internet chegavam até US$ 15 mil em sites de leilões on-line, para o "velório" do cantor Michael Jackson.
Que conforme a imprensa, o corpo do cantor não estará no ginásio, e sim "via' telão.
Que coisa mais absurda.
Para mim, é o "fim da picata".
É a falta de valores desta gente.
Mas cada um decide o que fazer dos seus momentos.

domingo, julho 05, 2009

Senado movimenta conta sigilosa, diz jornal

O Senado criou três contas paralelas em 1997 e deu ao então diretor-geral Agaciel Maia liberdade para movimentá-las sem prestar contas. O saldo delas é de R$ 160 milhões, de acordo com o jornal "Folha de S.Paulo" deste domingo, dia 5 de julho.
Segundo o jornal, as contas não aparecem na contabilidade oficial do Senado ou do sistema de acompanhamento dos gastos públicos, o Siafi. O único controle sobre saques é feito por uma comissão de 11 servidores.
A "Folha" apurou que a atual composição desse colegiado foi toda indiaca pelo próprio Agaciel Maia e que os integrantes nunca se reuniram para auditar as movimentações bancárias.
O dinheiro das contas vem do desconto no salário de servidores para custear o plano de saúde. De acordo com o jornal, apenas uma parte disso é usada realmente para esta finalidade, já que a Casa tem orçamento próprio para isso.
Agaciel e Zoghbi processados
Relatório final da comissão de sindicância aberta no Senado para investigar a produção de atos secretos recomendou processo administrativo contra os ex-diretores Agaciel Maia e João Carlos Zoghbi, por improbidade e prevaricação com indícios de comportamento doloso. O texto, porém, não associa o padrinho político dos dois, o presidente da instituição, José Sarney (PMDB-AP), às nomeações sigilosas de parentes e aliados de senadores.
Fonte Último Segundo

Paradoxo do Nosso Tempo


"Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente.
Nós bebemos demais, gastamos sem critérios.
Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde,acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais, perdemos tempo demais em relações virtuais, e raramente estamos com Deus.
Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores. Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.
Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho.
Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.
Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.
Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo,mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos. Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.
Construímos mais computadores para armazenar maisinformação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos cada vez menos.
Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta;do homem grande, de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.
Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.
Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas 'mágicas'.Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa.
Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão aqui para sempre.
Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo,pois não lhe custa um centavo sequer.
Lembre-se de dizer 'eu te amo' à sua companheira(o) e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame.
Um beijo e um abraço curam a dor, quando vêm de lá de dentro.
Por isso, valorize sua familia, seus amores, seus amigos, a pessoa que lhe ama, e, aquelas que estão sempre ao seu lado."
Recebi do meu amigo Éverton e gostaria de dividir como os visitantes do blog.

sexta-feira, julho 03, 2009

Inter, Grêmio e Michael Jackson




Quanto Custa os políticos para cada brasileiro

Legislativo custa em média R$ 115,27 ao ano para cada habitante de capitais brasileiras.

Levantamento nacional feito pela Transparência Brasil em orçamentos da
União, estados e capitais demonstra que o brasileiro que mora nas capitais
gasta em média R$ 115,27 por ano para manter funcionando as Casas do Poder
Legislativo, em suas três esferas.
· A Câmara dos Deputados custa R$ 18,14 por ano para cada brasileiro.
O Senado sai por R$ 14,35 por habitante.
· Entre os estados, a Assembléia Legislativa mais cara por habitante é
a de Roraima (R$ 145,19), e a mais barata a de São Paulo (R$ 10,63).
· Entre as capitais de estados, a Câmara de Vereadores mais cara por
habitante é a de Palmas (TO), que custa anualmente R$ 83,10 para cada
morador da cidade. A mais barata é a de Belém (PA), com R$ 21,09 por
ano.
· Agregando-se os custos per capita referentes aos legislativos das
três esferas (federal, estadual e municipal), enquanto em Boa Vista
(RR) cada habitante paga R$ 224,82 anuais pelos serviços associados
ao trabalho de seus representantes eleitos, em São Paulo (SP) o custo
é de R$ 68,51 por habitante.
· Em termos de porcentual da renda, em Boa Vista (RR) o gasto total com
o Legislativo (federal, estadual e municipal) representa 4,1% do PIB
per capita. No outro extremo, em Vitória (ES), o gasto total de cada
habitante com o Legislativo representa 0,4% do PIB per capita.
1:Capital
2: UF
3:PIB per capita (2004)
4:Gasto total porhabitante com o Legislativo três esferas)
1 2 3 4
Boa Vista RR R$ 5.532,30 R$ 224,70
Palmas TO R$ 4.812,23 R$ 151,76
Rio Branco AC R$ 6.908,84 R$ 174,48
Teresina PI R$ 4.857,59 R$ 96,63
Campo Grande MS R$ 7.199,60 R$ 130,39
Porto Velho RO R$ 7.724,46 R$ 132,96
Natal RN R$ 7.542,68 R$ 119,26
Aracaju SE R$ 8.519,18 R$ 132,41
Goiânia GO R$ 7.273,86 R$ 101,12
São Luís MA R$ 6.066,50 R$ 86,21
João Pessoa PB R$ 6.161,84 R$ 86,61
Florianópolis SC R$ 11.071,30 R$ 155,31
Maceió AL R$ 7.632,24 R$ 104,43
Salvador BA R$ 5.402,38 R$ 70,20
Belém PA R$ 5.873,61 R$ 71,27
Fortaleza CE R$ 6.772,27 R$ 93,45
Cuiabá MT R$ 10.025,07 R$ 114,18
Recife PE R$ 9.603,72 R$ 93,45
Porto Alegre RS R$ 11.257,14 R$ 106,44
Belo Horizonte MG R$ 10.428,72 R$ 96,65
Rio de Janeiro RJ R$ 12.224,43 R$ 109,23
Curitiba PR R$ 11.065,22 R$ 93,17
Distrito Federal DF R$ 19.071,00 R$ 99,14
Manaus AM R$ 18.635,36 R$ 95,91
São Paulo SP R$ 14.820,90 R$ 68,38
Vitória ES R$ 29.951,28 R$ 120,92
MÉDIA R$ 115,27


A fatia do Orçamento da União destinada ao Congresso Nacional (R$ 6,1
bilhões) chega perto de equivaler à soma do Orçamento destinado ao
Legislativo em todos os estados e capitais do país (R$ 6,4 bilhões).
1 Tipo de instituição
2 Orçamento Parlamentares
3: Parcela do Orçamento por parlamentar

1 2 3
Congresso Nacional R$ 6.068.072.181,00 594 R$ 10.256.474,38
Assembléias Legislativas R$ 4.897.904.436,00 R$ 4.625.027,80
Câmaras Municipais R$ 1.465.003.593,00 707 R$ 2.072.140,87


O montante orçamentário por parlamentar do Congresso Nacional
(deputados federais e senadores) é mais do que o dobro do que custam
os deputados estaduais, que por sua vez custam acima do dobro dos
vereadores das capitais.
· O Senado é a Casa que tem o Orçamento mais confortável por
legislador:
seus R$ 2,7 bilhões anuais correspondem a R$ 33,4 milhões
para cada um dos 81 senadores. Na Câmara dos Deputados, a razão é de
R$ 6,6 milhões para cada um dos 513 deputados federais.
1 Casa
2 Orçamento Parlamentares
3 Parcela do Orçamento por parlamentar.

1 2 3
Senado R$ 2.680.468.223,00 81 R$ 33.092.200,28
Câmara R$ 3.387.603.958,00 513 R$ 6.603.516,49
Congresso R$ 6.092.345.781,00 594 R$ 10.256.474,38


Dentre as Assembléias Legislativas, o maior orçamento por legislador
é o da Câmara Legislativa do Distrito Federal: equivale a R$ 9,8
milhões para cada um dos 24 deputados distritais (o DF não tem Câmara de Vereadores). O mais exíguo é o de Tocantins: pouco mais de R$ 2 milhões para cada um dos 24 deputados.


Estado Deputados Parcela do Orçamento por deputado

DF 24 R$ 9.847.438,75
MG 77 R$ 6.453.734,49
RJ 70 R$ 6.363.307,04
RN 24 R$ 6.324.333,33
SC 40 R$ 6.096.000,00
MS 24 R$ 6.094.666,67
RS 55 R$ 5.650.059,40


Em se tratando das Câmaras Municipais, a mais rica é a do Rio de
Janeiro (RJ): seu orçamento equivale a R$ 5,9 milhões para cada um
dos 50 vereadores. No outro extremo, em Rio Branco (AC), a provisão
para 2007 equivale a R$ 715,3 mil para cada um dos 14 vereadores.

Capital UF Parlamentares Parcela do Orçamento p/parlamentar

Rio de Janeiro RJ 50 R$ 5.905.890,68
Belo Horizonte MG 41 R$ 2.262.416,32
Florianópolis SC 16 R$ 2.081.196,88
Porto Alegre RS 36 R$ 1.825.280,64
Curitiba PR 38 R$ 1.815.789,47
Recife PE 36 R$ 1.737.683,94

Fonte:Transparência Brasil

quinta-feira, julho 02, 2009

Fiquei vice e foi justo.

Ontem meu time não conquistou a Copa do Brasil, portanto somos vice.O que para o esporte não tem valor.
Não foi a primeira vez que vi meu time perder, mas foi a primeira vez que vi meu filho chorar por uma derrota.
Não foi fácil consolá-lo, mas ficou a lição que nem sempre seremos vitoriosos, tanto no futebol, quanto na vida.
Matheus acreditou no time até o final do jogo. Eu sou mais realista, no primeiro tempo, deu vontade de fechar os olhos e tapar os ouvidos, mas isto não resolveria.
Esta conquista não dependia de nós torcedores. A nossa parte foi feita.
Ontem foi a Primeira Grande Lição na vida do Matheus. E por isso valeu o título de vice-campeão.
Afinal o adversário foi superior e mereceu o título de campeão.
Não perderemos sempre e também a vitória não será sempre nossa.

quarta-feira, julho 01, 2009

Os 2 últimos livros que li


Faz tempo que não coloco aqui o que estou lendo, mas isto não significa que não lia.
Estes livros foram os 2 últimos que li.E gostei muito.
O Relatório da Toyota, com revelações inéditas, trás contradições responsáveis pelo sucesso da maiaor montadora do mundo.
Os autores nos trazem neste livro revelações e, principalmente, as grandes contradições responsáveis pelo sucesso estrondoso da Toyota pelo mundo. Bem como toda sua trajetória em números, gráficos e imagens, desde sua fundação até os dias de hoje.Com este livro podemos observar a visão que os diretores da Toyota tem com relação a seus funcionários, tratando-os como verdadeiros trabalhadores do conhecimento. Vemos também sua impressionante relação com fabricantes, fornecedores e vendedores de seus modelos.
A Última Grande Lição é um livro que emociona, pela lição de vida.Relata a história de um mestre professor universitário que ao descobrir que tem uma doença incurável, resolve "viver" e ensinar os verdadeiros valores da vida.
Que são a família, amigos, amor e tantos outros que estão esquecidos pela maioria das pessoas.
Não se pode substituir o amor, ou suavidade, ou ternura, ou companheirismo, por coisas materiais.
Eu adorei tanto este livro, que recomendo e pretendo reler.
Vejam o exemplo que dinheiro não significa felicidade, para mim, o Michael Jackson foi uma pessoa muito infeliz.
Estou lendo um livro, o qual estou pensando em rever meus conceitos em relação aos vampiros.