quarta-feira, março 18, 2009

As badernas do MST tem apoio do Gov.Fed

O gov.Fed. doou ao MST uma área invadia em Limeira-SP.
Moradores desaprovam a atitude.
A área é o Horto Florestal. Há o Mini Sítio, a casa sede do Horto, viveiro de mudas, Borbulheira e a pista de Caminhada Ecológica. Kartódromo, no Aeromodelismo.
O Horto é utilizado com frequência pela população, que tem ali opção de uma área de lazer e de atividades para toda a família. Além disso, a Prefeitura tem em andamento diversos projetos para esse local, como o Museu da Fruta Brasileira, a produção de matrizes para a citricultura e outras atividades ambientais.
O local foi invadido pelo menos três vezes nos últimos anos por integrantes do MST, o que, por lei, impede que a área seja destinada à reforma agrária, disse o prefeito de Limeira, Silvio Félix (PDT) Na quinta-feira (19), o prefeito se reúne, em Brasília, com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, responsável pela Portaria 258, de 2008, que cedeu a área ao Incra. De acordo com a assessoria do ministro, ele vai avaliar o caso para depois decidir se revoga ou não a portaria.
Há, no local, uma cadeia, onde cerca de 230 presos cumprem pena em regime semiaberto.
Ao criticar a decisão do governo federal, o prefeito também lembra dos aspectos ambientais. Um aterro sanitário de um milhão de metros quadrados está instalado numa parte do horto há 14 anos. "Não há como fazer reforma agrária numa área que abriga uma cadeia e um lixão", argumenta o prefeito. "Não há limites para o MST. Se a portaria for mantida, será aberto um precedente perigoso. Eles vão invadir até o Campo de Marte", completou.
Fonte:Jonral Cruzeiro do Sul

3 comentários:

Antonio Paulo disse...

Cara Mariana sou totalmente contra essas entregas de terra a essas pessoas. Pois que eles logo estarão negociando as mesmas.E o governo federal fez que nem Pilatos nesse caso.

Anônimo disse...

Este é o problema: A falta de limites do MST.Não existe lei, decisão ou portaria que eles acatem.Estão acima(ou à margem)da lei e da Constituição.Se assim estão é porque tem amparo, guarida.De quem? Todo mundo sabe.Neste País, daqui a pouco, teremos vergonha de sermos honestos e trabalhadores.Um abraço do Éverton.

Eduardo Bandeira disse...

Concordo com a falta de limite desta gentalha.