sexta-feira, março 06, 2009

Aborto é mais grave do que estupro?

O arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho, afirmou nesta sexta-feira, em entrevista ao Jornal Hoje, que o padrasto, suspeito de violentar a menina de 9 anos, não está incluído na lista de excomungados. "Esse padrasto cometeu um pecado gravíssimo. Agora, mais grave do que isso, sabe o que é? O aborto, eliminar uma vida inocente". Na quarta-feira, o arcebispo excomungou a mãe e a equipe médica envolvida na interrupção da gravidez da garota.

Deveriam levar este arcebispo na cadeia, deixá-lo numa cela cheia de estrupadores.
Quem sabe assim ,ele para de falar besteira.

3 comentários:

Antonio Paulo disse...

Com certeza esse srs. que se dizem representantes da igreja deveriam em certos momentos terem nascido mudos.Eles vivem metidos em escandalos de pedofilia pelo mundo todo. Posso arrumar uma guerra aqui mas direi: existem mistérios por trás dos altos muros dos mosteiros que até DEUS duvida.

Lisette Feijó disse...

Todos estão preocupados com o que aigreja pensa, e o que se faz com um homem(pai) que abusou da menina, isso ninguém se preocupa?
Em que mundo estamos é só uma criança pelo amor de DEUS.
Um abraço Lisette.

Anônimo disse...

A padrecada está inspirada na máxima do glorioso Paulo Maluf:"Estuprar, tudo bem.Matar,não".Como disse o amigo Antônio Paulo, tem coisas que até Deus duvida.Quem se preocupa com uma inocente de 9 anos que foi violentada? Quem ampara sua família? A igreja está excomungando quem se preocupou com a vida dessa menina.Parece uma piada de mau gosto.Um abraço do Éverton.