quinta-feira, setembro 11, 2008

Um belo exemplo de uma administração pública

Prefeito de Curitiba e candidato a reeleição, mostra como é possível "honrar" os votos que recebeu nas urnas e ser um bom administrador público.

Presença:
Um dos hábitos de Richa é vigiar de perto o dia-a-dia de Curitiba. Quando anda de carro pela cidade, o tucano observa se há lixo nas ruas, placas irregulares e semáforos estragados, além de verificar a situação das obras. Se encontra problemas, liga para o secretário responsável, pede explicações e ordena a reparação imediata.– Outros prefeitos eram mais de gabinete. Beto controla tudo – avalia o líder do governo na Câmara, vereador Mario Celso Cunha (PSB).Desde o início da gestão, em 2005, há encontros semanais com moradores em algum dos 75 bairros da cidade. Caso receba reclamação de que falta iluminação na rua, manda instalar um poste no dia seguinte no local. A ordem é dar respostas rápidas.
Olhar social:
Cinema e ônibus no domingo por R$ 1. Tais ações fizeram de Beto Richa um político popular entre os pobres. Depois de abrir um restaurante no Centro, que oferece arroz, feijão, salada e fruta por R$ 1, ele promete criar mais três. A primeira unidade serve cerca de 2 mil refeições por dia.– Richa tem carisma e agrada à população. Ele fez melhorias em áreas que afetam diretamente quem usa os serviços públicos – diz Everton Narciso, bacharel em turismo.Outra medida reconhecida pela população é a expansão da rede de armazéns da família, que vendem produtos como leite, iogurte e arroz com preços 30% mais baixos para famílias com renda de até três salários mínimos. A demanda passou de 20 mil atendimentos de famílias por mês para mais de 160 mil. Não há custo para o município, porque as compras são feitas por pregão eletrônico.
Continuidade:
Prefeito forjado fora do quadro de servidores municipais, Richa deu seqüência ao planejamento da cidade. Um exemplo é o asfaltamento de mais de mil ruas. O tucano manteve técnicos do quadro à frente dos projetos, sem se preocupar com a filiação partidária.– Beto não parou e disse “Vamos reinventar Curitiba”. Só o fato de não desmanchar nada já é uma grande vantagem – diz o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, Augusto Canto.Apesar de o governador Roberto Requião (PMDB) ter suspendido repasses para a cidade em razão de uma briga iniciada com o prefeito em 2006, o tucano aproveitou equipes próprias e inaugurou mais de 4 mil obras.
Quatro razões para a vitória antecipada:
Com chances de ganhar a prefeitura no primeiro turno, o atual prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB), 43 anos, representa uma receita de popularidade que mistura quatro ingredientes básicos: presença diária na rua, forte investimento social, manutenção de um modelo bem-sucedido de gestão da cidade e herança política do pai, o ex-governador José Richa, morto em 2003.
Fonte:http://zerohora.com/ do dia 07/9 (domingo)

Um comentário:

Antonio Paulo disse...

Olá Mariana pelo demonstrado ai realmente é uma excessão o Richa. Estive há alguns anos atrás na cidade de Curitiba, e era muito bem organizada.Se ele ainda faz tudo isso é bom sinal sera reelito com certeza emerece.