quinta-feira, setembro 04, 2008

Homem é obrigado a se separar de 82 esposas


Homem de 84 anos, casado com 86 mulheres, aceita de divorciar de 82 esposas para escapar de punições. Parece enunciado de problema de matemática para alunos do ensino fundamental. Mohammed Bello Abubakar, nigeriano, está sendo obrigado por um decreto islâmico a se separar de quase todas as 86 esposas que possui.Lideres religiosos do país toleram que um homem mantenha até 4 esposas, desde que se mostre capaz de sustentá-las de forma digna e em igualdade de condições. Por causa disso, um grupo religioso havia condenado o idoso à morte. A sentença foi revogada, mas o antigo professor e pregador continuava ameaçado de ser despejado de casa.Há 2 semanas, Bello Abubakar, que tem 170 filhos, recebeu um ultimato para deixar a 82 de suas mulheres no prazo de 3 dias. A princípio, o idoso teria aceitado se separar, mas pediu um prazo maior para escolher com quais esposas continuaria casado. Entretanto, o jornal "Nigerian Tribune" publicou nesta segunda-feira, 1º, que Abubakar não pretende mais se divorciar e planejar se casar com outras mulheres, segundo declarações de um representante do homem. "Ele não violou nenhuma lei e suas mulheres não cometeram nada que servisse como base para um divórcio", disse Mohammed Tahir, porta-voz de Abubakar
fonte:Ig

2 comentários:

best stocks disse...

well its nice to know that you have great hits here.

Antonio Paulo disse...

Simplesmente sem comentários, até porque num país onde existe uma leí dessa, esse sim não é sério, e não é recalque, mais vale uma bem ... do que tantas e mais, fazer filho, qualquer cachorro faz.