terça-feira, agosto 25, 2009

Profissão:Mendigo ou "esperto"


"Pedintes com cara de pelo amor de Deus vagando pelas ruas da cidade constituem uma cena, infelizmente, familiar ao paulistano. Dar ou não dinheiro a eles sempre foi uma questão polêmica. A esmola pode até aliviar situações de extrema necessidade, mas a longo prazo torna-se mais um problema do que uma solução. Mendigos que fazem ponto na mesma esquina há mais de dez anos não são exceção. Com a missão de acompanhar a rotina de quem fatura até 100 reais por dia nos faróis de São Paulo sem vender sequer uma bala, o repórter Fábio Soares apurou histórias surpreendentes de pessoas que transformaram mendicância em profissão. Foram dois meses seguindo sete pedintes de diferentes perfis, do ponto onde esmolam até o lugar onde moram. Soares, de 36 anos, passou por alguns apuros, como quando foi visto ao tentar fotografar o mendigo de cadeira de rodas que ilustra a capa trocando as moedas que arrecadara por notas mais graúdas em um estacionamento. "Ele veio para cima de mim e tive de correr", conta. "Achei um feito e tanto para uma pessoa que passa horas e horas esmolando numa cadeira de rodas e se diz impossibilitada de andar." A reveladora reportagem ,veja:

5 comentários:

Antonio Paulo disse...

Mariana li toda a reportagem. Por situações como essas ai fotografadas comprovadas é que confesso não dou mais esmolas há muito tempo.

Luciano Braz disse...

Quem de nós não se perguntou se estava fazendo a coisa certa ao fazer uma doação na rua?
Lembro de um episódio onde me comovi com um casal na rua deitados ao solo com um Bebe, os dei um cartão meu e ofereci trabalho, digno, com salario e carteira assinada , dei algumas cedulas ao jovem rapaz que aparentava ter minha idade e disse a ele que me procurasse no outro dia e o empregaria no ato em um Contact Center onde faço gestão ... quem disse que o cara apareceu o outro dia e eu Otario fui feliz trabalhar aguardando o moço, achei que poderia fazer o bem a uma familia ... nada tão rindo da minha cara até hoje rsrsrs ...
puts agora adotei esta tatica vou pedir tbém , afinal eu poderia estar roubando, matando ou me protistuindo ...mas só estou pedindo que mal há nisto?

Abraços
Luciano Braz

Serenidade disse...

Obrigada pela partilha e pelo conhecimento que nos dá.

Muito obrigada pela visita ao meu cantinho, volte sempre:)

Serenos sorrisos

lili disse...

É as pessoas hoje são capaz de tudo por dinheiro, só não querem trabalhar.

Mariano P. Sousa disse...

Ôi Mariana!
Infelismente o Brasil está cheio de pessoas que querem levar vantagem de algum jeito. esse é um dos muito casos de extrema ma fé!
Adorei passar aqui mais uma vez,
Parabéns menina!
Beijão eum ótimo final de semana!