quinta-feira, dezembro 04, 2008

Senado veta motoristas novatos nas rodovias

Para entrar em vigor projeto depende de aprovação na Câmara dos Deputados e depois da sanção presidencial.
Um projeto de lei aprovado ontem no Senado proíbe motoristas habilitados há menos de um ano de dirigir em rodovias e estradas.
A restrição só não se aplicaria nos trechos urbanos dessas vias. A entrada em vigor da lei depende de aprovação pela Câmara dos Deputados e da sanção presidencial.
A votação de ontem ocorreu na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado e tem caráter terminativo – não precisa ser apreciada pelo plenário da Casa.Pela lei em vigor, os motoristas só recebem a CNH definitiva um ano após a aprovação nos exames – desde que não tenham cometido infração grave ou gravíssima no período ou que não tenham sido reincidentes em infração de grau médio.
O projeto prevê que o motorista flagrado infringindo a regra terá cometido falta grave e estaria sujeito, portanto, a não receber o documento permanente.
O diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Alfredo Peres, acha importante o projeto, mas acredita ser difícil fiscalizar a circulação de novos motoristas nas estradas.
Medida atingiria mais de 2 milhões de motoristas.
O professor de Engenharia de Transportes da Unicamp Diogenes Cortijo Costa diz que não conhece pesquisas que mostrem incidência de acidentes maior no primeiro ano de carteira.
– Dirigir na cidade tem mais perigos, como cruzamentos, maior concorrência de veículos e pedestres. O problema na estrada é a velocidade, que diz respeito apenas ao próprio condutor – diz.
Fonte:ZH

2 comentários:

Antonio Paulo disse...

Mariana como motorista profissional não desmerecendo ninguém acho que é valida essa leí mas irão cumpri-la?
Mesmo que alguém possa achar que dirigindo na cidade esta apto para a estrada que conhece sabe que não é assim.

ONG ALERTA disse...

Mariana toda experiência necessita de um tempo maior e principalmente os jovens motoristas precisam saber respeitar e entender que é necessário todo cuidado para sua sobrevivências, é difícil para um jovem com 18 anos aceitar que tem que ter cuidado pois nesta idade eles acham que sabem de tudo...nós já fomos jovens lembra...um abraço Lisette.