quinta-feira, julho 29, 2010

Circo na Praça

"A grande tragédia da política e da administração pública é ter, sempre, as pessoas erradas nos lugares certos de certos lugares. É como se, no circo, o palhaço domasse os leões!
Escrevi isso, aqui, ao início da campanha eleitoral de 2006, ao discordar dos que comparam a atividade política a um circo. Frisei: o circo é algo sério; exige engenho e arte, treinamento e disciplina, coerência e precisão. Aqueles homens e mulheres no trapézio, nas argolas de fogo ou na destreza da pirueta, prepararam-se para nos transmitir a sensação de que o ser humano tem poderes até nas travessuras do palhaço.
Em quatro anos, tudo se solidificou ainda mais. O circo continua a exigir coerência e integridade. Na atividade político-partidária, os conluios esdrúxulos se multiplicaram. Hoje, na promiscuidade eleitoral já não se sabe quem é quem. O passado não vale; o futuro é a névoa do presente. Só é claro o absurdo, e as vantagens são a única meta.
Ouvi agora o “jingle” da campanha de Fernando Collor para governador de Alagoas. A música é pobre mas pegadiça, e o refrão é uma sucinta enciclopédia da desmemória brasileira: “É Lula apoiando Collor,/ é Collor apoiando Dilma/ pelo bem dos carentes,/ e é Dilma apoiando Collor/ e os três para o bem da gente”.
Nada melhor do que a eleição de presidente, governadores e senadores para mostrar que não há partidos políticos no Brasil. Os aglomerados disformes registrados como tais reúnem, mais do que tudo, ambições pessoais, não propostas de organização da sociedade. Não há tradição nem linha partidária e os adversários de ontem viram irmãos siameses hoje.
A “base aliada” do governo Lula da Silva, por exemplo, reúne 12 partidos. Vão do PT ao PMDB (ambos conhecidos de sobejo) ou do PDT (fundado por Brizola como opção socialista-democrática) ao PP (herdeiro dos 21 anos de ditadura direitista), além dos outros comensais das migalhas do banquete.
Essa mixórdia transmite-se às eleições presidenciais. O PP de Paulo Maluf, por exemplo, apoia Dilma Roussef, candidata do PT-PMDB, mas “informalmente”. Ou seja, se o outro candidato vencer, apoiará o governo de José Serra, do PSDB.
Entre nós, Yeda Crusius teve no governo multicoloridos partidos que, após usufruírem do poder, apearam do estribo formando montaria própria para enfrentá-la na reeleição. Como? Eles não eram “governo” também?
O apego ao poder é a característica de nossos políticos. Depois de provarem o sabor de governar, não vivem sem cargo público.
Altos cargos de grandes empresas públicas abrigam políticos sem nenhuma relação profissional com suas atividades. Dias atrás, a imprensa comentou o caso do ex-governador Alceu Collares, conselheiro da hidrelétrica de Itaipu, cobiçada sinecura de R$ 30 mil mensais. Ex-carteiro dos correios e bacharel em Direito, o Conselho de Itaipu só lhe exige participar de reuniões bimestrais.
Em artigo neste espaço, dias atrás, o empresário Paulo Vellinho advertiu aos governantes: “Em vez de artifícios sociais e econômicos, busquem a eliminação das desigualdades pela valorização do trabalho e a qualificação humana”. E com a lucidez da experiência, confessou: “Constrange-me ser brasileiro, um país que não teve coragem de eleger seu povo como principal objetivo da nação”.
Por tudo isto, no próximo horário eleitoral, se houver palhaços, não pensem no circo."

Flávio Tavares (Jornalista e escritor)
Fonte:Zero Hora 25/07

34 comentários:

Guará Matos disse...

Mariana querida,
Eu vou mais além: " É na hora da lavagem é que se conhece os porcos".
Esse é um grande exemplo de patifaria explícita e falta de vergonha e honra!
Esse negócio de dizer que "em política tudo é assim mesmo", a sujeira só aumenta.

Beijos.

Sonhadora disse...

Minha querida Mariana
Deixo um beijinho com carinho.

Sonhadora

Marilu disse...

Querida Mariana, eu já sou da opinião que ninguem deveria votar...para que? é sempre tudo igual..entra governo e sai governo..e as coisas só pioram. Beijocas

SAULO PRADO disse...

Fundamental este artigo..

lucidreira disse...

Apleusos ao proeminente jornalista. Temos é que ter vergonha de diser, somos brasileiro.
Parabeniso também este espaço que corajosamente coloca este artigo em debate.
Abraço

MALHAS DE BÉBÉ (GERTRUDES disse...

olá Mariana obrigado pela visita tudo de bom para vc muita paz e muita luz um doce beijo

HSLO disse...

Super interessante esse texto...gostei.


abraços


Hugo

Caminhos Poéticos disse...

O que importa na vida não é o ponto de partida, mas a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher!

[ Cora Coralina ]

Feliz dia e beijos prá ti! M@ria

Mari disse...

Oi Marina...

Pois é minha amiga é realmente triste que nós, brasileiros e brasileiras às vezes fiquemos acomodados...
Um povo precisa ter memória...e não digo do que aconteceu há 200 noas...mas sim de fatos recentes do cenário político!

Beijos

Cacá disse...

Mariana, as eleições são o momento propício para separarmos a banda boa da banda ruim da política. Eu estou tentando achar a boa e não consigo. Abraços. Paz ebem.

Repositório disse...

Mariana, não ei o que pensar sobre as próximas eleições. Já passou de desilusão... só quando vejo que tenho uma criança de sete anos com tudo pela frente me animo a tentar separar o joio do trigo. Confesso que é uma tarefa árdua, quiçá, impossível. Beijos

Daniel Savio disse...

Infelizmente, um circo que fazemos parte, ao jogarmos fora a chance de voto (em algo melhor)...

Bem como cobrar este algo melhor (prometido na campanha).

Fique com Deus, menina Mariana.
Um abraço.

jader/zezi disse...

Mariana...querida Amiga, este é um dos textos mais atuais do q representam OS POLITICOS EM NOSSO ESTADO E EM NOSSO QUERIDO BRASIL...me pergunto algum tem INTERESSE Q O ESTADO DO RS OU O BRASIL CRESÇAM? RESPOSTA...NÃO, ELES SO PENSAM NELES PROPRIOS E SEUS ACECLAS, OU SEJA SUA CURRIOLA, SEUS CAPACHOS E PELEGOS...DESDE OS MAIS ALTOS CARGOS ATE OS CARGUINHOS DE SERVIR CAFESINHO NOS GABINETES...O POVO GAUCHO E BRASILEIRO TEM O GOVERNO Q MERECE SIM...AQUI TEMOS A PROVA PROVADA, UM PREFEITO Q NADA FEZ POR SUA CAPITAL E AINDA TEVE CASOS DE CORRUPÇÃO EM SUA GESTÃO E UMA GOVERNADORA ONDE A CORRUPÇÃO ANDOU SOLTA NO DETRAN,CEEE,DAER,PROECERGS,CORSAN, SE ARVORAM EM CANDIDATOS A GOVERNADOR DO ESTADO...- São poucos os Jornalistas lucidos neste Estado q escrevem VERDADES...e sem interesse em cargos...ou favores para suas EMPRESAS JORNALISTICAS, pois sabemos nós q nao temos LIBERDADE DE IMPRENSA, E SIM LIBERDADE DE EMPRESAS...OS JORNALISTAS SABEM... E Q SOMENTE PODEM ESCREVER AQUILO Q SEUS PATRÕES OS PERMITEM, OU SEJA SEGUEM A LINHA DA EMPRESA, Q NÃO PODE SER PREJUDICADA EM SEU FATURAMENTO, POIS A GRANDE RECEITA DA PROPAGANDA ESTA NOS GOVERNOS MUNICIPAIS,ESTADUAIS E FEDERAL, BEM COMO EM ALGUMAS ESTATATAIS Q SÃO FOCOS DE POLITICOS E SUAS CATERVAS...TROPA DE CORRUPTOS.- PARABENS AO FLAVIO TAVARES PELA COLUNA.- jader martins.-

Majoli disse...

Oi Mariana, passando pra te deixar beijos e desejar uma deliciosa noite pra você.
Fique com Deus.

Mauro S disse...

A felicidade está em nós, verdade sim, e não depende de dinheiro.
Beijos e boa noite, Mauro

Ah, pra que horário político, pra apresentar plano de governo?
Por acaso vão seguir o que "prometeram"?
Acredita nisto?
É apenas um tempo tirado de nós como também o voto obrigatório, sou contra.
Sabes que não gosto de falar em política, já te disse no Twitter, apenas fiz um comentário.
Este assunto, "política, políticos" me deixa irritado, e sou de paz, e não vejo política e paz como a mesma coisa, prefiro evitar, e com isto me manter na minha e tranquilo.

Folhas de Andreza disse...

Olá,Mariana...
Agradeço por estar entre as folhagens...Obrigada!
Bem...sobre teu post,infelismente não há o que dizer...precisamos fazer...trabalho na eleição (mesária,secretária,presidente de seção)cada ano uma função diferente...e o povo precisa de educação...coisa que não é oferecido,porque essas pessoas não querem eleitores criticos,que saibam de seus direitos e deveres...dever este que primeiramente fosse escolher alguém para lhe representar dignamente...mas o povo da ultima hora,do jeitinho brasileiro se conforma com uma cesta básica,com uma camiseta,ou com uma bolsa familia...e quanto mais filho tiver...mais ganha...bem... mais filhos...mais eleitores...e assim vai o país do oba oba...
Bem desejo lhe uma linda sexta...bjks no coração.

Folhas de Andreza disse...

Passando pra desejar MARAVILHOSO fds,com bjks doce no ♥.

Pensador disse...

Infelizmente, a culpa é toda nossa.
Quem manda só nos lembrarmos dos "nossos representantes" na hora de votarmos neles?
É fácil fiscalizar o trabalho. Dá resultado.
Mas são muito poucos que se dispõe a fazê-lo...
Beijo, Mariana, bom final de semana!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Mariana!

Em nossa política não existem interesses de natureza nacional ,existem interesses pessoais e assim eles vão pulando de galho em galho para tentar e conseguir encontrar o que lhes apetece!

Lamentável!

Um beijo!

Sonia Regina.

Marcia disse...

Caríssima Mariana! Eu não aceito,não admito que coloquem a culpa pela desonestidade que campeia no Brasil em mim. Não é minha culpa se todos os políticos são ladrões. Depois de tanto tentar, de tanto acreditar, de achar que o meu voto faria diferença, mas não fez, eu passei a votar nulo. Se o meu voto, o seu e de todas as pessoas de bem fizesse diferença, os ladrões não estariam no poder, de norte a sul do Brasil. E está muitíssimo enganado, quem acha que lei protege os corruptos. Quem os protege são aqueles que aplicam as leis, bem como aqueles que deveriam fazer as denúncias. E não é este o nosso papel. Nós pagamos muito caro para ter um Judiciário e um Ministério Público incompetentes, na melhor das hipóteses, e na pior, minados de gente mal intencionada e comprometida com a roubalheira. Então, minha querida Mariana, você não tem o poder de fiscalizar, denunciar, demitir e punir nenhum corrupto ladrão, a não ser não votando em ninguém. E a realidade está aí para provar o que digo.A corrupção só aumenta no país, ano após ano. E, segundo o Banco Mundial, a corrupção é o grande entrave, a maior responsável por todos os problemas sociais que países, como o Brasil, enfrentam. Quem aqui conhece algum candidato(a) completamente confiável, acima de qualquer suspeita? Um grande beijo, minha querida. Márcia de Noriê

ONG ALERTA disse...

Vivemos em um grande picadeiro...e eles pensam que somos os palhaços...
Beijo Lisette

wcastanheira disse...

Valeu guria, pela lembrança lá no meu cantinho, é mto bom ter pessoas ligadas nos acontecimentos, na próxima quarta prestaremos a homenagem de aniversário no nosso poeta, pra ti guria bjos, bjos e bjosssssssss

Cris disse...

Oi Mariana!
Parabéns ao Flávio Tavares pelo excelente texto.

"ambições pessoais, não propostas de organização da sociedade. Não há tradição nem linha partidária e os adversários de ontem viram irmãos siameses hoje."

Concordo plenamente com as palavras dele.
Beijos!

Helô Müller disse...

Infelizmente esta é a verdade nua e crua, em conluio com a tradicional falta de memória do povo brasileiro... a cara de pau dos corruptos, que disto se beneficiam, e por aí vai...
A diferença reside no PODER: os que estão nele e nos transformam em "palhaços explícitos", sem o menor pudor, e os que não fazem uso do "poder" de escolha, que nos é facultado! Preferimos, muitas vezes, nos omitirmos, ou por comodismo, ou pelas notórias limitações sócio-culturais de todo um povo, pra não citar outras mazelas... Ou até mesmo pelos interesses escusos de quem tb quer se beneficiar das falcatruas dos corruptos!
Enfim, são tantos os motivos, desde que o mundo é mundo!!
É isto aí!
Votemos com consciência!
Obrigada pelas gentis palavras deixadas lá em meus aposentos!! rs
Tb estou na tua cola...
Bj
Helô

rouxinol de Bernardim disse...

Enfim, o brasil e portugal irmanam_se em quase tudo, até na promiscuidade...

Há que lutar para inverter esta tendência1

1 bj
Bom fim de semana

Eduardo Medeiros disse...

Mariana, esse texto é perfeito e destaco essa frase:

"Nada melhor do que a eleição de presidente, governadores e senadores para mostrar que não há partidos políticos no Brasil."

o autor está plenamente certo pois de fato, no Brasil, não há partidos, o que há é clube para se disputar eleição de acordo com o momento político.

Há cada novo cenário, os clubes se contradizem, apoiam inimigos, amigos viram inimigos, etc.

E mais uma vez o autor está certo em dizer para não compararmos isso com o circo, já que o circo é coisa muito séria.

beijos

Janeisa Tomás disse...

Oi Mari, estou de volta e passei aqui pra conferir seus texto e te desejar um ótimo final de semana. Sabe que ando pensando seriamente em anular meu voto, tamanha decepção e desilusão com todos que estão aí.
Bjs
Janeisa

Gilmar disse...

Mariana!

Andava com saudades, e muitas, desse seu espaço. Depois de suas semanas inativo, volto trazendo-lhe um abraço carregado de saudades. E depois, com mais tempo e calma, retornarei para ler mais, saborear tudo das duas últimas semanas.

Meu carinho a você!

FERNANDO disse...

Oi, Mariana.
A cois é realmente um circo, só que os políticos embolsam a grana e os eleitores são feitos de palhaços.
Boa semana pra você.

**£ú® disse...

Comemorando 5 mil visitas com HOJE SOU FELIZ PORQUE ... e hoje eu sou feliz porque tenho amigos como vc que me ajudou a chegar lá... OBRIGADA !!!... um bj de muito boa semana prá vc... **£ú®

Anne Lieri disse...

Mariana,que texto fantástico!Realmente a figura do palhaço é associada a um circo na política e não tem nada a ver!Os políticos estão mais para uma quadrilha dos irmãos metralha...rsss...Belo texto desse jornalista!Bjs,

angela disse...

Um artigo muito lucído e com bons argumentos.
boa semana
beijos

Marilu disse...

Minha querida amiga, enquanto houver corrupção nada nesse país dá certo. Temos um caso recente do rapaz que atropelou e matou Rafael Mascarenhas, os policias exigiram R$ 10.000,00 para sumir com o carro. A morte que foi causada fica para um segundo plano. Hoje em dia a vida não vale nada...Tenha uma linda semana..Beijocas

Mimirabolante disse...

Oi,vim agradecer a sua visita......gostei da sua sua presença....depois volto com mais calma....bjcas