sexta-feira, novembro 21, 2008

Um Monstro em Gravataí

No sábado um monstro de 74 anos, funcionário público aposentado, bem vestido, "educado",freqüentador da sociedade", foi preso num estacionamento acusado de pedofilia.
Segundos testemunhas é acusado de abusar sexualmente de uma menina de 4 anos, que estava acompanhada do seu irmão de 6 anos.
O monstro sempre andava acompanhado de crianças .Dizia para as pessoas que eram seus netos; não poderia, porque elas sempre estavam sujas e mal arrumadas.
Tinha sempre guloseimas e presentes no carro.
As pessoas desconfiadas, vigiaram ele, e depois chamaram a polícia que o prendeu.
Ele já foi condenado no interior do Estado por crime de caráter sexual.
Ele está no presídio central.
Palavras do conselheiro tutelar que atendeu o caso:
-"Ele não demonstrou o maior arrependimento. Ria enquanto a gente perguntava o que houve."
Conforme o conselheiro a menina não encarava os adultos na delegacia, tinha medo, e demonstrava atitudes de criança que sofre este tipo de abuso.
Ela foi encaminhada ao hospital que atende este tipo de situação e participará do Programa Sentinela.
O que fazer com um monstro deste?
Se ele tivesse recebido uma punição a altura do seu crime, não estaria cometendo o mesmo ato.
É preciso urgente que autoridades façam com que "monstros" como este ,sejam impedidos de viver na sociedade.
É preciso zelarmos pelas crianças indefesas. Nós, sociedade, somos responsáveis também.
Temos de ficar em alerta, porque monstros assim, estão "disfarçados" de homens bons, educados e acima de qualquer suspeitas.

7 comentários:

Anônimo disse...

MARIANA. sou radical neste assunto...CORTA O SACO DO MACHO E PENDURA ELE NUM POSTE ATE FICAR SEM SANGUE...Jader Martins.-

Ricardo disse...

É revoltante mesmo.

Carla disse...

Tem que matar pessoas deste tipo.

Luis Carlos disse...

è a punição incorreta ou falta dela.

Josiane disse...

Não é só em Gravatai.

Alex Barcelos disse...

No Brasil, só uma punição faz efeito imediato e arrebatador. O bolso. Primeiro tem ser preso, responder o processo, ser condenado e aí sim o golpe final, ser preso e perder seus direitos a aposentadoria,o dinheiro que ele usava para financiar a barbárie deve ir para um fundo de proteção e amparo a crianças e adolescentes. Aí sim a coisa muda !

Anônimo disse...

horrivel a morte não e suficiente para este monstro. Que Deus o perdoe porque nós não poderemos.