segunda-feira, novembro 10, 2008

Dívidas absurdas na Prefeitura de Gravatai

Fica difícil "aceitar" que Gravataí com quase 270 mil habitantes, com o 5º PIB do RS, vive um "absurdo" nas contas públicas.
A dívida (?) está em torno 55 milhões para o Instituto de Previdência e Assistência em Saúde.
A dívida para o Ipag (Inst.de Previdência e Assistência dos Servidores de Gravatai) ultrapassa os 11 milhões.
Com a saúde totaliza R$ 4.845.925,65 ,sem repasse desde agosto de 2007.
Com a previdência , os repasses estão atrasados desde junho de 2007, num montante de R$ 11.532.907,86.
O Ministério Público e a Secretaria da Saúde já receberam ofícios da Presidente do conselho de Saúde, descrevendo problemas como equipamentos médicos vencendo em um depósito, além de apontar o péssimo estado de postos de saúde.
Se isto ocorre, é porque não há uma fiscalização, além de uma responsabilidade das "autoridades" (putiz).
Sem comentar "novamente" das compras "superfaturadas".....todo mundo sabe, é público e Ninguém faz nada....
Fonte: Jornal Correio de Gravataí: dias 7,8 e 9 de novembro

3 comentários:

Anônimo disse...

Qual administração pública não há rolos?Porq Gravatai seria diferente.

Antonio Paulo disse...

Normal Gravataí é hoje sinal de grana nos cofres e portanto cresceu muito e ai é prato cheio para os gatos.

Anônimo disse...

Mariana. o Conselho de Saude de Gravatai, deve ser tutelado pelo Prefeito ou Sec.de Saude...sem duvida...ou este Conselho é OMISSO NAS SUAS ATIVIDADES...cabe a população fiscalizar mais...pois aqui em P.Alegre, o Conselho também é OMISSO OU E TUTELADO PELO SEC.ELISEU OU O (IM)PREFEITO FOGAÇA...pois tambem nas reuniões q assisti senti isto, onde somente us tres ou quatro Conselheiros tinham a coragem de RELATAR O DESCASO COM A SAUDE DE PARTE DOS GESTORES.-Jader Martins.-