sexta-feira, setembro 17, 2010

A Parábola do Rato

Um rato, olhando por um buraco na parede, viu o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo em que tipo de comida poderia ter ali. Mas ficou aterrorizado quando descobriu que era uma ratoeira. Foi para o pátio da fazenda e advertiu a todos:
- Tem uma ratoeira na casa, tem uma ratoeira na casa!!!
A galinha, que andava ciscando de um lado para outro, levantou a cabeça e cacarejou:
- Desculpe, Sr. Rato, eu sei que é um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada. Ratoeiras não são para as galinhas, por tanto não corro nenhum perigo por causa da ratoeira.
O rato foi até o porco:
- Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira!
- Desculpe, Sr. Rato, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser rezar. Fique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhas preces – concluiu irônico.
O rato dirigiu-se então à vaca. Mas ela nem ligou para um animalzinho tão pequeno:
- Você acha que eu estou em perigo por causa de uma ratoeirazinha?E mugiu despreocupada.
Então o rato voltou para casa, cabisbaixo e abatido, para encarar sozinho a ratoeira do fazendeiro.
Naquela noite, ouviu-se na casa o barulho característico da ratoeira pegando sua vítima.
A mulher do fazendeiro correu para ver o que tinha acontecido. No escuro, ela não viu que a ratoeira tinha prendido a cauda de uma cobra venenosa. A cobra picou a mulher. O fazendeiro levou-a imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre.
Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal, a galinha.
Como a mulher continuava mal, amigos e vizinhos vieram visitá-la. Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco. A mulher não melhorou e acabou morrendo.
Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a vaca para alimentar todo aquele povo.
Autor desconhecido
Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que isso não lhe diz respeito, lembre-se: quando há uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre perigo.

Fonte:http://www.muraljoia.com.br/

Desejo um ótimo fim de semana para todos e para os gaúchos o feriadão .
Lembrem sempre que o descaso diante dos fatos poderá nos trazer grandes consequências, principalmente como cidadão.
Seja um eleitor atento.
A Fazenda chamada Brasil tem muitas ratoeiras.

35 comentários:

lis disse...

Excelente Mariana
Temos que estar muito atentos com tantas ratazanas que nos rondam .
Um perigo .rs
Obrigada e retribuo desejando lindos dias.
abraços

Guará Matos disse...

É verdade, hahahaha!
Infelizmente os ratos têm se dado bem. Veja os da política, são eleitos e reeleitos com "mundo" de votos. E alguns se tornam coordenadores políticos de candita a presidente.
"Festa de rato não sobra queijo"
http://www.youtube.com/watch?v=ISMyAncg3OE

Bjs.

Guará Matos disse...

Só para lembrar que hoje às 22 horas o BLABLABLA NO TELECOTECO/ blablablanotelecoteco.blogspot.com/ abre suas portas para o início das entrevistas e depois uma canja musical com um grande astro da MPB.
Não deixe de conhecer a arte circense na mais alta qualidade.
É hoje, 10 da noite.

ONG ALERTA disse...

Infelizemente é um texo bem verdadeiro, o perigo corre solto, beijo Lisette.

Chica disse...

Muito bom isso! E que teu feriadão seja lindo! beijos,chica

Wanderley Elian Lima disse...

Por isso acredito que nessas eleições todos nós estamos em perigo, e não só aquele que não sabe votar. As consequências disso, todos nós sofreremos.
Um lindo fim de semana.
Bjux

Tatty disse...

Oi Mariana!
Obrigada por visitar o Suspiro!
Amey seu blog e já estou seguindo!
Me segue tbm!
Bom fds!!!
Bjks, Tatty

http://suspirofashion.blogspot.com/

Daniel Savio disse...

Quando um problema existe e não é tratado, acaba virando um problema gigantesco que vai demandar mais recursos para solucionar...

Fique com Deus, menina Mariana.
Um abraço.

Mauro S disse...

Oi Mariana, muito interessante este texto, o problema de um é o de todos, sempre temos que pensar por todos.
Sobre o que te escrevi ontem e respondendo ao teu comentário, também não sei quem visitei ontem, logo espero das pessoas que eu visito, uma visita, e foi o meu post de hoje, em breves palavras, "Chat blog".
Beijos e ótimo feriado, Mauro

Isa mar disse...

Essa prarábola nos mostra que Somostodosum e o que acontece ao nosso semelhante também é problema nosso.
Infelismente muitos ainda não entenderam isso,e em seus egoísmos só se importam com si mesmos.
Mariana, te desejo um ótimo fim de semana, beijos

Mauro S disse...

Oi Mariana, quando o texto é muito grande eu não leio não, mas passo no blog para deixar um Oi, porque pelo menos assim me faço presente, mesmo que não comente a postagem.
Hoje passei aqui mais cedo, li a postagem toda, e depois no Skype contei esta parábola e por último, e para confirmar, deixei teu link para a amiga com quem proseava.
Quando o texto é muito grande não penso nem em ler, ou quando não tenho vontade mesmo ou quando leio e não entendo, não sei o que digitar (motivo de um post que escrevi).
Tive que voltar num blog duas vezes e ler bem o texto bem simples por sinal, para entendê-lo, falei pra ela que não havia conseguido entender na primeira vez, e que quando voltei tive que ler duas vezes seguidas as palavras desta amiga para deixar um comentário.
Às vezes acontece isto, é a tal da interpretação do texto.
Ontem e hoje li 171 páginas que eu escrevi aqui, estou com o olho chorando e abaixo de colírio.
Por isto deixei os livros de lado, não sei parar quando começava um.
Beijos e ótimo final de semana, Mauro

Cacá disse...

Olá, Mariana. Você me fez retornar a um livro que eu gosto demais de ler, estou sempre recorrendo a ele. É Conversas Sobre Política, do Rubem Alves. Esse texto me fez lembrar uma crônica com uma ótima parábola, chamada: É preciso tapar os buracos dos Ratos. Vale a pena também. Um abraço e ótimo final de semana. Paz e bem.

Cris disse...

Grande Mariana!
Essa é uma mensagem digna para os eleitores que vão votar no "humorista", que segundo eles é um protesto contra os políticos e a política.
Eu penso que "protesto" se faz votando com consciência.
Ainda agora estava lendo a história:
"A tigela de madeira"
Grande beijo Mariana!

Fátima Guerra (Mellíss) disse...

Querida Mariana

Agradeço sua presença no meu blog.
Desde então, vc faz parte das alegrias inesperadas que a vida nos dá. Muito obrigada !
Incluo vc entre os anjos que, participando da minha vida, me ensinam e ajudam a ser melhor.
Adorei seu espaço !
Beijo
Fátima Guerra

brasildobem disse...

Muito legal essa parábola, pensei em imediato na cadeia de solidariedade que nós, seres humanos, temos o dever de praticar, porque fazer o bem só noz fortalece e ajuda a quem mais precisa.
Bjs querida.

Sheila disse...

Oi Mariana
Que bom receber sua visita que me deu a oportunidade de visitá-la também.Adorei seu comentário.E quanto ao seu compartilhar e aprender,compartilhei com toda minha família as suas histórias e aprendi um pouco mais sobre ajuda e solidadiedade.`´E isso aí,continue plantando suas sementes em cada lugar que voce visita.

Elaine Barnes disse...

Caraca que mensagem heim! Por isso é sempre melhor observarmos o Todo,o buraco é sempre mais embaixo.
Adorei amiga! Obrigada por ter visitado a Sheila,ela ficou extremamente feliz! Por enquanto estou meio ausente,mas, creio que logo tudo estará em seu lugar novamente. Montão de bjs e abrtaços

Pepi e Xixo disse...

Bela e verdadeira reflexão,Mariana
Um ótimo final de semana e tudo de bom
Lambeijos e Ronrons
Pepi e Xixo

jader/zezi disse...

Mariana, amiga, eu diria q a FAZENDA BRASIL, tem mais RATOS Q RATOEIRAS, não o bichinho, mas RATOS Q VIVEM NO SUBMUNDO DA POLITICA GAUCHA E BRASILEIRA...q deveriam estar nos porões IMUNDOS E INFECTOS DE PRESIDIOS COMO O DE PALEGRE E OUTROS NA CIA.DOS POBRES RATINHOS, Q VIVEM DAS MIGALHAS Q OS RATÕES DA POLITICA JOGAM AO POVO..., fiquem atentos não votem nos ratões, vamos bancar os GATÕES E ESMAGA-LOS POLITICAMENTE COMO FAZEMOS COM A RATOEIRA.- jader martins.-

Maria José disse...

Mariana. Esse texto é excelente e nos ensina como todos somos responsáveis por tudo e todos à nossa volta. Olhar para o próprio umbigo pode ser fatal. Beijos, amiga e tenha uma ótima semana.

legalmente loira... disse...

Oi amiga, vim matar a saudade e pedir desculpas pela ausência, a vida é feita de pausas e estou fazendo a minha logo volto.
otimo final de semana com bjos
otimo texto...

Mirian Martin disse...

Hoje estava falando exatamente isso com o meu marido! Estavamos conversando sobre o comportamento dúbio do brasileiro, que cobra justiça enquanto essa lhe diz respeito, mas pula fora se não é com ele. Quantas vezes pessoas não fogem, ou se recusam a ser testemunhas de uma injustiça? Mas, quando lhe diz respeito, são as primeiras a levantar a bandeira. Só que, como sempre, são poucos a aderirem a sua causa.
E, no momento político em que vivemos, como conclusão da nossa conversa, nem sempre a verdade honesta obtém a vitória, mas esta vem através de ardiz, muitas vezes bem distante da honestidade.

bjs

Lúcia Soares disse...

Oi, Mariana.
Que bela lição, não?
Precisamos colocar em prática o amor ao próximo,pois é sua falta que ocasiona os maiores males do mundo.
Bom domingo!

Paula Marina disse...

é verdade...
adorei seu post.

bjus

Toninhobira disse...

Sensacional a parabola e muito importante a mensagem que ela tras.Bela postagem Mariana.Bom fim de semana para voce.Meu abraço.

Fernanda disse...

Olá amiga Mariana!

Boa!
Gostei!
É bem verdade, armadilha só para ou outros é coisa que não existe!

Beijinhos
Bom fim de semana.

Glória disse...

Obrigada Mariana. Você é um amor!
Beijinhos
Glória

Flor da Vida disse...

Sim amiga, teu texto só vem a
provar mais uma vez que a união
faz a força... Unamos-nos então
para nos livrarmos, de pelo menos
um pouco das ratoeiras que estão espalhadas por nosso Brasil...
Amiga, te agradeço de coração pela
visita e comentário, seja sempre
bem vinda... Seguindo-a também com
imenso prazer! Uma linda noite pra
ti, seguida de um ótimo domingo!
Carinhos meus a ti... Bjsss

carol sakurá disse...

Maravilhoso,Mariana!

A nossa fazenda Brasil deve ser cuidada com muito atençao.
Comecemos agora em outubro!
Abs e ótimo domingo!

FERNANDO disse...

Oi, Mariana.
ESPETACULAR!!! É bem por aí... quando achamos que só devemos nos preocupar com o que cerca nosso próprio umbigo, dançamos.
Beijos e um ótimo domingo pra você, dona moça.

José disse...

É verdaden um problema por muito pequeno que seja, afectanos sempre a todos, embora a gente costume dizer isso é um problema teu.

beijinho

ValeriaC disse...

Ótima esta estória amiga...
Tenha um lindo domingo e uma semana maravilhosa...beijinhos...
Valéria

Meias de Seda (Suzy) disse...

Oi, Mariana.
Obrigada por se tornar seguidora do nosso blog. A crônica que comentou foi escrita por uma amiga querida, a Rosa Pena, que tem ótimos livros publicados.
Também gostei muito de passear pelo seu cantinho.
A parábola é excelente...rs
Tenha um ótimo domingo!
Bjinhos,
Suzy ;)

luizmullerpt disse...

Muito legal a parábola. E os ratos tbm merecem lugar de "mocinhos" as vezes, pois tem um importante papel a cumprir na natureza. Não é bom qu só "os bonitinhos" apareçam como heróis.Nem sempre o que parece, de fato o é. Abraços

Dom Quixote (Thomaz) disse...

Muito boa a história. Pura verdade. Cada detalhe do universo nos diz respeito, sim!