quinta-feira, fevereiro 12, 2009

Constrangimento

Pensei muito em "dividir" aqui este assunto, pois é algo muito pessoal, e talvez posso magoar alguém.
Pensando bem, resolvi "contar" pois não aguento mais este constrangimento.
Dia 14/1 fiz uma cirurgia plástica ( contei aqui) e agora quase que diariamente passo pela mesma situação:
De 10 mulheres, 09 perguntam quanto "custou".
Eu não sei e não consigo mentir, e também não quero e não gosto de dizer. Então respondo que os valores são cobrados separados, que não somei, e blá,blá,blá e mesmo assim "elas" insistem....
Será que não percebem que isto me constrange? ainda mais que fico toda sem jeito.
Amigas íntimas me perguntaram( compreendo), mas tem mulheres que tem uma "relação" comigo só de "oi" e "tudo bem".
Sinceramente não gosto de dizer quanto paguei pelo kilo do feijão, por um par de sandálias e MUITO menos quanto Custou para eu "recauchutar" os meus seios e a minha barriga.
UFA! Desabafei!!!!!!!!

6 comentários:

Anônimo disse...

É isso ai linda...

carla disse...

É ISSO AI LINDA

Silvia disse...

Tu estás correta.Não és obrigada a responder perguntas mal educadas.

Anônimo disse...

Querida Mariana, eu sugiro que, ao seres perguntada sobre o preço, devolvas a pergunta assim: "Em vez de saber quanto custou, você não quer saber se estou me sentido melhor?" Não te micha campeã de tudo!!! Abraço do ÉVERTON.

Antonio Paulo disse...

Mariana sei que as mulheres ficarão brabas comigo. Mas as vezes se tornam inoportunas. Acho na verdade que é inveja. Nós homens não queremos saber só adimirar.

Anônimo disse...

MARIANA. comadres fuxiqueiras da vida dos outros tem em todos lugares do mundo, até em Gravatai...vai em frente e "ademan", como dizia um colunista social de renome no Brasil, Hybrain Sued do Rio de Janeiro...o q interessa e teu bem estar pessoal.-jader martins.-