segunda-feira, março 28, 2011

O Pai do Marcos

Ontem ao ler este texto do jornalista Moisés Mendes, senti um turbilhão de sentimentos: emoção, pavor, solidariedade e tensão. Este artigo descreve um pai dedicado, perseverante e acima de tudo um grande ser humano. Vocês irão se emocionar como eu e ter a certeza que a Vida vale a pena, acima de tudo quando o amor está presente.
Estou na torcida por este pai e pelo seu filho Marcos. Tenho certeza que anjos existem e em várias formas, principalmente na forma do amor disfarçado de seres humanos
.

"Villas-Bôas Corrêa sempre escreveu sobre política. Tem 88 anos, trabalhou nos grandes jornais e ganhou prestígio como analista do poder nas páginas do Jornal do Brasil. Desde 2008, tem um blog. Há um mês escreve pouco sobre políticos e mais sobre o filho Marcos Sá Correa. Marcos tem 63 anos. É um dos mais brilhantes jornalistas da geração de 70. Também passou pelas principais redações do país e publica seus textos no jornal O Estado de S. Paulo e nas revistas Piauí e IstoÉ.
O que o pai escreve agora sobre o filho é o mais tocante relato pessoal da Internet no Brasil.
É o doloroso diário das suas visitas à UTI da Clínica São Vicente de Paulo, no Rio, onde interage com o filho desacordado desde o dia 7 de fevereiro.
Villas-Bôas nos leva para dentro da sala e, ao final de cada visita, repete que o filho irá sobreviver. Conta assim: “Com a fisionomia serena, Marcos dormia profundamente. Com as mãos nos lados da cama, nem uma ruga no rosto sereno. É óbvio que não tentei despertá-lo. Cá por dentro, o amargo de uma decepção. Esperei alguns minutos.
Marcos virou o rosto e continuou dormindo”. Marcos caiu na escada de casa, na Gávea. Teve traumatismo craniano e o rosto desfigurado pela batida contra uma escultura. Foi posto em coma induzido. Desde o primeiro dia em que entrou na UTI, Villas-Bôas puxa conversa com Marcos. No começo, alertado pelos médicos, viu um filho inerte e a escuridão.
Aos poucos, passou a ter esperança e decidiu narrar as visitas no blog. Conta detalhes. O filho está com a cabeça e parte do rosto enfaixado. Um pedaço do crânio, retirado para aliviar a pressão no cérebro, foi enxertado na barriga, para ali ficar conservado. A desolação das primeiras visitas vai sumindo, e Villas-Bôas tem certeza de que o filho inconsciente mexe com os olhos em direção ao seu rosto. Diz que Marcos agarra sua mão e sacode a perna direita. Villas-Bôas vai ao hospital acompanhado da nora, Ângela.
Um dia, contou: “Ontem, Marcos me recebeu com um largo sorriso, pegou na minha mão, enquanto Ângela limava as unhas dos pés com uma paciência e um cuidado da sua paixão pelo marido”. A mãe de Marcos, Regina, fica em casa rezando. Na última quarta-feira, a melhor notícia. Villas-Bôas está certo de que, mesmo entubado, Marcos teria murmurado a Ângela: “Me tirem daqui. Quero ir para casa”. Desde o dia 15 de março, o pai se convenceu: “Estamos virando o cabo da angústia, quando o pior parecia socar a porta”. Na quinta-feira pela manhã, telefonei para Villas-Bôas. Me contou que Marcos pega seu braço com firmeza. Que abre os olhos e mexe com a boca, mas ele não consegue entender nada, e que Ângela leva CDs de música clássica para o quarto. Villas-Bôas escreve o diário no blog porque assim informa os amigos e os leitores sobre a evolução do filho. Nesse tempo, sempre em pé ao lado da cama, viu pacientes desaparecerem. Morrem na UTI, como morreu um alemão numa cama ao lado de Marcos. O filho resiste. Villas-Bôas é paciencioso com a recuperação: “Estou esperando, estou esperando. Pode ser que demore um pouquinho”. O jornalista é o repórter da ressurreição do filho.
Orgulha-se do texto límpido de Marcos, um apaixonado por ambientalismo, mato, bichos, bicicletas, fotografia. Escreve o diário pensando que um dia ele irá ler seus relatos. Me disse: “Quando acordar, ele vai lá e estará tudo arquivado no blog”. Ontem, escreveu que, na quinta à noite, Marcos saiu da UTI.
Este é o endereço que o pai usa para falar com o filho: http://www.vbcorrea.com.br/

Fonte:Zero Hora

27 comentários:

Suziley disse...

Emocionante mesmo Mariana. Estamos na torcida também. Uma boa semana, beijos :)

chica disse...

Estou na torcida também.Essa força do pai vai passar pra ele.Esperanças que serão recompensadas, espero! beijos,chica

angela disse...

Vou torcer também para que tudo fique bem.
História de amor emocionam e merecem um bom desfecho.
Respondendo sua pergunta em meu blog eu estou bem, tive problemas com o provedor da internet depois que mudei de casa e com o computador também.
Obrigada pela preocupação.
beijos

Misturação - Ana Karla disse...

"Um pai, jamais desiste de um filho".
Mari, quanta emoção!
Que corra tudo da melhor maneira.
Boa semana!
Xeros

Bergilde Croce disse...

Uma corrente de pensamento positivo a qual me adiciono também daqui.
Ainda hoje li num blog amigo(...)
Não há tesouro mais valioso do que os filhos.Um filho é a prova da confiança de Deus aos pais(...)Esse pai é um exemplo pelo modo como demonstra esse amor.
Abraços,
Bergilde

ValériaC disse...

Nossa, comovente mesmo amiga. O amor doa força, energia, promovendo transformações infinitas.
E vamos torcendo pelo filho, pelo pai, por toda a familia.
Beijos e ótima semana Mariana
Valéria

puroamor disse...

O amor faz aparecer forças, esperança e uma dedicação que o homem não sabe que é capaz de sentir.
ESte pai nunca mais será o mesmo.

Van disse...

O amor ressucita, o amor cura.
A força e a fé deste pai são imprescindíveis

Beijos Mariana

Gilmar Morais disse...

Sabe, Mariana, essa não é apenas uma história de amor. Ela alcança outros despertamentos em cada um de nós. É abnegação, entrega, dedicação e sobretudo, é uma lição de esperança e fé! Esperar em Deus, tenho certeza, é o que move o pai e é o que alimenta o filho!

Meu carinho a você!

Celina disse...

OI MARIANA ESTAVA COM SAUDADES DE VC, HOJE ME LEMBREI MUITO DE TI. EU PASSEI UNS DIAS SEM ESCREVER PASSEI POR UMA CIRURGIA NA VISTA ESTOU AINDA ME RECUPERANDO. LI O DRAMA DO NOSSO AMIGO VOU FICAR TAMBEM NA TORCIDAA E ORANDO PARA QUE TUDO DER CERTO; AGRADEÇO A TUA VISITA E O COMENTÁRIO GENTIL , UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA

Sérgio Cazu disse...

Oi Mariana,

História tocante, vou acompanhar o caso e torcer muito.

Obrigado por mostrar.

Aquele abraço!

jader/zezi disse...

Mariana...o amor nao tem limites...ainda mais de pai/mae...so com amor se sobrevive...- jader.-

Anônimo disse...

h, Admirável e Preciosa Amiga:
"...Villas-Bôas nos leva para dentro da sala e, ao final de cada visita, repete que o filho irá sobreviver. Conta assim: “Com a fisionomia serena, Marcos dormia profundamente. Com as mãos nos lados da cama, nem uma ruga no rosto sereno. É óbvio que não tentei despertá-lo. Cá por dentro, o amargo de uma decepção. Esperei alguns minutos.
Marcos virou o rosto e continuou dormindo”. Marcos caiu na escada de casa, na Gávea. Teve traumatismo craniano e o rosto desfigurado pela batida contra uma escultura. Foi posto em coma induzido. Desde o primeiro dia em que entrou na UTI, Villas-Bôas puxa conversa com Marcos. No começo, alertado pelos médicos, viu um filho inerte e a escuridão..."

Que pai, tão lindo por dentro.
Sensibilizou-me imenso, sabia?
Parabéns ao pai. Já não há assim.
Ternura. Encanto, é o que sinto.
Abraço amigo de respeito a si e ao extremoso pai fabuloso.
Sempre a estimá-la e sempre a admirar a sua preocupação pela justiça, bemestar e plenitude de felicidade humana para as pessoas.

pena

Bem-Haja, notável amiga fantástica.
É sempre uma delícia lê-la.

Anônimo disse...

Linda Amiga:
Desculpe comentar como anónimo.
Não sei o que se passa com o Blogger?
Bem-Haja.
Sempre a admirá-la com respeito profundo.

pena

Tem atitudes de autêntico encanto e beleza.

rosa-branca disse...

Um relato emocionante, que me deixou com nó na garganta. Oxalá ele acorde para a vida e bem de saúde. O amor por vezes faz milagres, que esse seja um desses milagres. Beijos com carinho

ONG ALERTA disse...

Um filho vale qualquer luta...beijo Lisette.

Tais Luso disse...

Oi, Mariana, este é o amor de pai: amor sem limites e com uma esperança sem fim. O natural é acontecer o contrário... Por isso a dor insuportável de perder um filho.

beijos a você.
Vou acompanhar o caso, também.
Tais Luso

Lidia Ferreira disse...

Minha amada,
Muito lindo a Fé deste homem ,o texto e maravilhoso
bjs

Amapola disse...

Boa noite.
É realmente muito emocionante e muito doído. Que a fé desse pai, faça o milagre da cura do seu filho.
Que Deus os abençoe.

Um grande abraço.

Muito obrigada pela honra da sua visita. (Estava ansiosa para ver esse lindo retratinho do link, no painel dos meus seguidores) É muito engraçadinha.

Marilu disse...

Querida amiga, enquanto existir vida sempre há esperança, vamos nos unir a esse pai e enviar todas as energias do universo. Tenha uma linda semana. Beijocas

Luciana disse...

Oi

Obrigada pela visita e opinião.
Bjs

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Mariana
Um relato dramático e emocionante. "A fé remove montanhas".
Bjux

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti amiga...beijos.

Anne Lieri disse...

Comovida com esse caso,Mariana!Passei por lá e deixei um recadinho!Bjs,

Anna disse...

nossa me emocionei tb lendo , e tb acredito q a energia boa do pai essa força vai passar pro filho dele
aki tb abriu sol graças a Deus ....
bjim flor

Leandro Ruiz disse...

"Apesar dos nossos defeitos, precisamos enxergar que somos pérolas únicas no teatro da vida e entender que não existem pessoas de sucesso e pessoas fracassadas. O que existem são pessoas que lutam pelos seus sonhos ou desistem deles." (Augusto Cury)

Paz e bem!!!

Socorro Melo disse...

Olá, Mariana!

Que texto forte! E muito emocionante.
Que estejamos todos, unidos em preces, para que esse rapaz fique bom logo e volte para o convívio de sua família.

Um abraço
Socorro Melo