sábado, novembro 13, 2010

ALERTA:Vidas Ausentes

Para ver o vídeo, clique na imagem da Ale,ao lado:Vidas Ausentes.


Depoimentos emocionantes de famílias de 7 jovens que perderam seus sonhos para a guerra no trânsito.
Depoimento da Lisette, presidente da ONG Alerta, com a qual eu estou aprendendo muito.
Não deixem que mais famílias sintam esta ausência dolorosa que dilacera tantas famílias.
Fiquem Atentos, Fiquem Vivos!
Ao clicar na foto da Alessandra ao lado,me leva ao vídeo,mas quem não conseguir,copie e cole o endereço: http://www.clicrbs.com.br/zerohora/swf/especial_vidasausentes/index.html
Não deixe de mostrar aos seus filhos.

São histórias como estas que me fizeram participar da ONG Alerta.
Acredito que é possível com educação, responsabilidade e cobrando dos governantes, acabarmos com esta tragédia que atinge famílias todos os dias.
Meu filho quer viver no mínimo 104 anos, pois eu quero que todos os filhos vivam mais que 104 anos e dêem muitas alegrias aos seus pais.
Se for para nós chorar por eles que seja de alegria.
A riqueza maior de qualquer pai é os filhos, portanto falta de tempo e dinheiro não podem ser desculpas para não lutármos por um trânsito mais seguro.

37 comentários:

Isadora disse...

Mari, é muito trsite e é até difícil pensar nisso, principalmente, quando temos filhos que logo se encaminharão para a adolescência.
Dá um no na garganta.
Não consegui abrir o link.
Um bom sábado.
Isa

Mariana disse...

http://ow.ly/39fzq

Chica disse...

Triste,muiirto triste...Pensemos, pois!beijos,chica

Sonhadora disse...

Minha querida

Triste e chocante...não tenho mais palavras.
Admiro a Lisete, pela luta que ela trava...não se deixou ficar.

Beijinhos
Sonhadora

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Mariana
Infelizmente os dados estatísticos sobre, morte no trânsito, não param de crescer. Principalmente em feriados prolongados, onde todos querem aproveitar ao máximo o tempo, e perdem a noção do perigo.
Beijos

manuel marques disse...

A vida prega-nos tristes partidas.

Abraço.

angela disse...

Perder filhos é doido demais. Não gosto nem de pensar. Admiro a Lisette e o que ela faz com a dor dela. É para poucos essa coragem e essa possibilidade de transformar a dor em ajuda ao outro.
beijos

Diana Carla disse...

não consegui ver o video :( !!!

Maspelo que falou e realmente algo sério!!

bjinhus...

Maria José disse...

Isso é muito triste, bem sei. Também perdi minha única filha, não em acidente de trânsito, mas de uma forma incompreensível: dormiu e acordou do outro lado da vida. O Arca é um jeito que encontrei de mostrar que a dor é profunda, que a cicatriz fica por toda vida, mas é preciso continuar nossa jornada evolutiva enquanto espíritos reencarnados. Fica um viver sem entusiasmo e uma forte saudade. Saudade são águas passadas que se acumulam em nossos corações, inundam nossos pensamentos, transbordam por nossos olhos, deslizam em gotículas de lembranças que por fim, morrem na realidade de nossos lábios. E assim, vamos vivendo, um dia de cada vez. Beijos.

ONG ALERTA disse...

Mari náo consigo abrir o link para ver a matéria???Como tu consegui abrri???
Obrigada por teu carinho, tudo que eu gostaria que outras máes passem por tudo isso, a saudade é algo inesplicável...
Beijo grande Lisette.

Pelos caminhos da vida. disse...

Não consegui ver o video, copiei, colei e não deu certo.

beijooo.

Repositório disse...

Oi Mariana!
Enquanto assistia, ficava olhando minha pequena de 8 anos brincando aqui do meu lado. Que angústia, que dor, que martírio deve ser a partida de um filho!
Divulgarei sim, para que não haja mais pais perdendo seus filhos para esse ceifador de vidas que é o trânsito.
Beijo grande

Poeta Mauro Rocha disse...

Temos que ficar vivos!

Tenha um ótimo domingo

puroamor disse...

O vídeo emociona, não tem como escutar os pais sem tocar no coração.
Tristeza, mas vamos pedir a Deus para não ver mais histórias como estas.

puroamor disse...

O vídeo emociona, não tem como escutar os pais sem tocar no coração.
Tristeza, mas vamos pedir a Deus para não ver mais histórias como estas.

Luma Rosa disse...

Perdi minha melhor amiga em um acidente de trânsito - Ela estava indo casar, todos na igreja esperando felizes, dia de festa! Ela tinha apenas 19 anos. Ver a dor dos familiares, o desespero dos pais e irmãos, quem presenciou jamais irá esquecer. Não fui ver os vídeos, seria demais pra mim, desculpa!

Bom Domingo! Beijus,

Cacá disse...

Eu fico angustiado só de pensar. A minha filha mais velha trabalha em outra cidade e todos os dias tem que atravessar a rodovia da morte (BR381). Fico com o coração apertado diuturnamente. Tenho sido um incansável falador com as pessoas sobre os cuidados e principalmente com o respieto com o outro no trânsito. Acho que este é o maior cuidado de todos. Abraços, Mariana. paz e bem.

ValeriaC disse...

Minha querida é triste ver a realidade das vidas destas familias que perderam seus filhos amados... e vermos a importância em se estar ALERTA para que sejam cada vez mais evitados acidentes.
Vi o video e penso que seria muito bom, muitos verem para aumentarmos a consciência no transito e vendo o sofrimento da perda, aumentarmos a responsabilidade ao dirigir.
Fica aqui meu carinho a cada um destes que vivem tal situação e meu carinho imenso pela nossa amiga querida, a Lisette, um exemplo de mãe e cidadã, que desenvolve este trabalho tal significativo com a ONG ALERTA...
Beijos...
Valéria

007BONDeblog disse...

Mariana

Bom dia

Parabéns por dar divulgação a essa postagem.

Ela é comovente, emociona, dói, dói, muito. Toca no fundo do nosso sentimento e mexe com o nosso sentimento.

Também nesse campo de "luta" pela vida, muito é preciso ser feito.

Estive lá no "alerta' e deixei minha mensagem.

Grande abraço

Rosemildo Sales Furtado disse...

É lamentável minha amiga, mas infelizmente é a pura realidade. Com a palavra as autoridades (in)competentes.

Beijos,

Furtado.

Pena disse...

Estimada e Brilhante Amiga:
Um Post mais que pertinente. Imprescindível.
São duas extraordinárias defensoras da educação e plena Cidadania e civismo nas estradas de todo o mundo.
Um exemplo a seguir.
Abraço amigo às duas de respeito imenso.
Sempre a admirá-las

pena

Torna-se urgente fazer alguma coisa.
Bem-Hajam pelo gesto, pela atitude!

"quicas" (joaquim do carmo) disse...

Amiga, vim agradecer suas palavras e retribuir, carinhosamente, sua solidariedade.
Voltarei para seguir o link que hoje propõe.
Beijinho e boa semana

soninha disse...

Muito triste ver a dor dessas famílias,tentar imaginar o que é essa dor,essa saudade...Que Deus de muita força a todos esses pais para continuarem essa caminhada, sem um pedaço.beijos Mari

Regina Laura disse...

Oi Mariana, esse é um alerta importantíssimo! O trânsito está uma verdadeira selva e os mais jovens são as principais vítimas.

Olha, tem um presentinho pra vc lá no balanço. ;)
Beijão

Fernando Santos (Chana) disse...

A minha solidariédade....
Cumprimentos

Mariano P. Sousa disse...

Ôi mariana minha xará!
Saudade de ti!
Olha Mariana, apesar de ter melhorado alguma coisa nas leis de trânsito, mas há muitas brechas para escapar das devidas punições e assim os infratores, aqueles que usam o veículo sem perceber a responsabilidade que está em sua mão.
termina por tirar muitas vidas.
Não consegui abrir o link, mas sabemos que o problema é sério e precisa de muito mais atenção das autoridades.
Beijão e uma linda semana!

Toninhobira disse...

Vi o video emocionantes relatos, uma dor que nao cala.Por que vidas soa ceifadas assim? E o pior que cada vez mais assistimos jovens partindo nesta loucura de transito. Um abraço de toda paz e luz nos seus dias.

FERNANDO disse...

Oi, Mariana.
Passando rapidamente para lhe desejar um ótimo dia (chove aqui em Sampa, mas até aí...).
Beijos e até mais ler.

Mônica disse...

Mariana
O transito mata mesmo, por isso não dirijo em BH só lá em casa porque a cidade é pequenina e vou mais é pras roças visitar minhas amigas.
Obrigada por me visitar.
Mamae borda mas eu só sei apreciar
com carinho Monica

Guará Matos disse...

Chegou o bom momento, ou o grande dia!
O sorteio esta lançado e você por me seguir e ler-me, convido-lhe a participar. Leia o regulamento e respondas as perguntas. São 20 livros que serão sorteados.
Vamos lá!
Sua participação é o meu grande presente.
JORNAL AFOGANDO O GANSO
http://afogandooganso.blogspot.com

Guará Matos,
@GuararemaMatos

jader/zezi disse...

Mariana...estas autoescolas existentes apenas dão o cursinho para tirar a carteita de habilitação...saber dirigir e aprender as Leis é somente na hora p/conseguir o documento q lhes da a condição de cometer assassinatos no TRANSITO NAS CIDADES BRASILEIRAS

Eloisa disse...

Achei qye chocou,se este era o objetivo, atingio

Mimo Chic disse...

Mari, que coisa , me deixou a pensar, muito bom.Obrigada, pois esse barulho é um sinal de mudan,cas para melhor!
bjs
Lulu & Sol

Cris disse...

É isso mesmo Mariana!
Se for para chorar, que seja de alegria.
Sabemos que é impossível acabar com essas tragédias, mas há a possíbilidade de reduzí-las, vamos lutar por isso.
Beijos.

J Araújo disse...

Mariana, achei excelente o post e confesso que o ensaio é emocionante.

Valeu!

Bj

ONG ALERTA disse...

Beijo no seu coracáo, Lisette.

Daniel Savio disse...

Só por ser jovens não estão imunes a fatalidades e muito menos a tristeza de sua partida...

Fique com Deus, menina Mariana.
Um abraço.