sexta-feira, maio 15, 2009

Professora pediu carteiras de cigarro!

O Matheus me contou o quanto achou um absurdo a professora de Artes (7° série) pedir para os alunos levarem na próxima aula cinco (5) carteiras de cigarros (vazias.Uffa!).
Ele me disse:"será que ela pensa que a gente é maconheiro também?.Ninguém vai levar, porque ninguém tem."
Disse-lhe que iria mandar um bilhete para a professora, mas ele me pediu para não ser "fiasquenta".
Combinei que na próxima reunião na escola, conversarei com ela (isso o Matheus "deixou").
A classe é de alunos de 12 e 13 anos.
Será que a professora não tinha caixa de outra coisa para pedir?

8 comentários:

Antonio Paulo disse...

Te acalma Mariana. Mas na reunião converse com ela.

Anônimo disse...

Primeiro pergunta para que as carteiras?

Anônimo disse...

Cada louco com suas manias

Leonardo Dias disse...

Oi , Mariana!! Com que sentido uma professora vem a pedir cinco carteiras de cigarros , ainda que vazias. É uma apologia direta ao uso dessa maldita droga. Deveria se pensar mais e melhor na qualidade , no nível dos educadores , não só no Estado , mas no país inteiro.

ACESSE , LEIA E , POR GENTILEZA , COMENTE NO MEU BLOG : http://vamoscomopodemos.blogspot.com/

ABRAÇO!

Anônimo disse...

MARIANA. convem saber qual o sentido deste pedido...q ela vai apresentar...será q vai fazer algum TRABALHO EM SALA DE AULA...compra os cigarros mais baratos q tiver...queima todos na churrasqueira...e manda as carteiras vazias...vamos ver o q esta MESTRA QUER FAZER...jader martins.-

Anônimo disse...

Descobriu para que servem as carteiras?

ALINE SOUZA disse...

Oi, Mariana! Realmente, é de se estranhar. Imagino q ela queira aquele papel brilhoso da carteira, pra fazer alguma coisa. Ou ainda, fazer um cartaz contra o uso de cigarro, sei lá. Qdo descobrir, posta aqui! Outra coisa: fiasquenta é ótimo! kkkkk Bjo

Mariana disse...

As carteiras eram para a professora falar sobre nicotina.
À minha amiga Aline:fiasquenta, quer dizer pessoa que faz fiasco.
Tu como cearense não sabe o que é isto?
Venha para o RS, guria!