terça-feira, outubro 28, 2008

Eleitos no domingo respondem a 115 processos na Justiça

A maioria dos prefeitos eleitos no último domingo terá de conciliar as atribuições inerentes ao novo mandato com a resolução de processos na Justiça. Dos 30 que venceram o segundo turno, 22 têm pendências judiciais nos tribunais estaduais, na Justiça Federal ou no STF
A maioria dos prefeitos eleitos no último domingo (26) terá de conciliar as atribuições inerentes ao novo mandato com a resolução de processos na Justiça. Dos 30 que venceram o segundo turno, 22 têm pendências judiciais .
São oito prefeitos de capital e outros 14 de cidades médias. Isso equivale a 73,3% dos prefeitos de municípios com mais de 200 mil eleitores cuja eleição foi decidida nesse fim de semana.
Índice elevado nas capitais:
O índice de processados, no entanto, é ainda maior se forem considerados apenas os prefeitos eleitos nas capitais, no 1º e no 2º turno: chega a 84,6%. Dos 26 eleitos, apenas quatro não são alvo de algum tipo de ação judicial nos tribunais pesquisados.
Os dados fazem parte de cruzamento de informações entre o resultado das urnas e levantamentos feitos na reta final das eleições pelo Congresso em Foco nas páginas dos tribunais na internet.
Porém, como poucas cortes informam a natureza das acusações, não é possível identificar o motivo da denúncia na maioria dos casos.
Fonte: congresso em foco

2 comentários:

Anônimo disse...

Mariana. existem dois Processos no TJRS sob ns.001/1.08.0135586-2 e 001/1.070222590-1 q indicam o Sr.Fogaça como PROCESSADO...O QUE SERÁ ISTO...ALGUEM PODE ME DIZER...cOMO PODE E NÃO APARECEU NADINHA DE NADA NA imprensa gaucha...por que será hem???Jader Martins.-

Antonio Paulo disse...

Meu caro Jader amiga Mariana les conseguem tapar o sol com a peneira.