domingo, abril 10, 2011

Cada um com os seus valores

Quando li esta reportagem, me dei conta que meus valores são muito diferentes.
Tenho certeza: não quero mudar os meus valores.
Desejo uma ótima semana para todos, que ela seja iluminada e produtiva.


"Para entender melhor o público que frequenta - e adora - o Fashion Weekend Kids, desfile infantil que está em sua 12.ª edição, apresenta 11 marcas e termina hoje(3/4) no Shopping Iguatemi, o Estado conversou com três mães e uma tia na elitizada plateia:
As empresárias Sandra Mussi, de 39 anos, mãe de Carolina, de 8; Renata Galvão, de 24, de Larissa Flávia, de 8; a advogada Carla Rocha, de 39, mãe de Helora, de 5; a administradora Sofia Menano, de 42, tia de Mariana, de 9. As meninas desfilaram?
Sandra: A Carol sempre desfila. E todo ano sai no Glamurama (coluna social eletrônica).
Mas ela sabe do que se trata?
Sandra: Uma criança de 3 anos sabe.
Como era na sua época?
Sofia: A gente nem sonhava.
Sandra: Eu, com 10 anos, mal falava, pensavam que eu era gaga.
A Carol, com 8, já foi 4 vezes à Disney. Ela é aquela ali (apontando) de blusa cinza de babado e saia de chamois (o traje, diz a mãe, custou R$ 500).
Vocês acham que as meninas sabem discernir as grifes?
Todas: As infantis, sim.
Sandra: A minha filha quer óculos Chanel, Prada. A gente gosta de coisa boa, eles aprendem.
Carla: Se meu marido ouve isso, tem um surto.
Por quê?
Carla: Ele pensa diferente.
Sandra: Ele é intelectual (risos gerais).
Sofia: A criança deveria ser criança por mais tempo.
Sua sobrinha gosta de grife?
Sofia (apontando para a bolsinha Givenchy branca da menina): O que você acha?
Ela sabe dizer o nome?
Sofia: Claro!
Sandra: Sabe o que eu acho? Se a gente comprasse na C&A, na Riachuelo, elas não estariam tão antenadas. Eu não imagino minha filha colocando uma roupa da Renner nem para dormir.
Renata: Espero que elas consigam manter esse padrão.
Sofia: Elas guardam dinheiro.
Pra quê?
As três (rindo muito): Comprar uma Chanel, um Dior.
Sandra: Elas não querem mais bufê infantil. Querem ir para Paris.
Renata: A minha foi para Disney no ano passado, vai de novo e, no ano que vem, quer Paris. Vamos levá-la à Eurodisney.
Sandra: A Carol faz coleção de Torre Eiffel.
Compram muito Disney?
Renata (ri): Fomos com duas malas, voltamos com cinco.
Será que na escola existe uma "alta sociedade infantil"?
Todas: Sim, claro.
Renata: No ano passado, teve até uma polêmica. Quase todas as crianças tinham ido à Disney.
Como fazer com as que não foram?
Sandra: A Carol foi pela primeira vez aos 3 anos.
Os pais têm responsabilidade sobre os valores da criança?
Todas: Total!!
Renata: Eu sou muito simples. Meu marido está em Las Vegas, mas ninguém precisa saber, entende? Eu, em Santos (ela mora lá), dirijo um Vectra. As pessoas pensam: "A Renata comprou um imóvel de R$ 2 milhões e anda de Vectra!"
Sandra: No último aniversário, o presente que a Carol mais gostou foi um forninho de pizza de plástico que custa R$ 20.
Renata: Vou comprar um SUV, mas porque tive um problema de coluna, hérnia de disco, e o Vectra é muito baixo.
O que quer dizer SUV?
Carla (fecha o olho para ver se lembra, vai até o marido e volta): Sport Utility Vehicle.
Fonte:http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110403/not_imp701084,0.php

21 comentários:

L. Sampaio disse...

Com certeza meus valores são bem diferentes destes apresentados na reportagem tbm ó...
beijos.

Cacá - José Cláudio disse...

No canal fechado LIV, tem um programa sobre isso, com crianças que quase ainda nem abandoraram as fraldas e já estão estressadas (pelas mães) no mundo fashion, disputando roupas e arrogância e prepotência e vazio diante das câmeras. Aí, meu Deus, a sociedade está doente , doente, doente. Meu abraço, mariana. paz e bem.

✿ chica disse...

Se ISSO se chama valores, não os quero ter nem por perto em minha família.

Mas cada um cada qual,rsrs

Esse é o futuro? Salve-se quem puder!!!beijos,linda semana!chica

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Mariana
A futilidade começa cedo, ensinada pelas mães. Essa lacuna deixada por falta de infância, chega um dia que vai fazer falta, aí vai ser tarde demais. Haja terapeutas.
Bjux

Misturação - Ana Karla disse...

MAri, toda vez que vejo ou leio um assunto desses, reforça mais ainda a minha vontade de atingir o supra sumo da simplicidade.
Isso lá são valores...
Boa semana
Xeros

ValériaC disse...

Nem eu quero mudar os meus querida...acho lamentável se criar filhos, com tamanha superficialidade, priorizando futilidades, não passando verdadeiros valores.

Mas, afinal para se passar os melhores valores, os pais tem que primeiramente os ter, não é mesmo? Infelizmente muitos não os tem. Como vemos na reportagem e também em alguns casos, em nosso dia a dia.

Eu priorizo o essencial, as virtudes, os valores de uma educação,em fazer o ser humano, ser literalmente humano. Ter empatia, respeito, amor ao próximo, a natureza, e muito mais, que é tudo aquilo que dinheiro algum compra, mas que se quisermos ter, temos que cultivar.

Enfim, cada um é que escolhe. E depois aguente as consequencias.

Beijos e ótima semana...
Valéria

Eduardo Medeiros disse...

amiga mariana, é de espantar tanta superficialidade dessas mães.

" Eu não imagino minha filha colocando uma roupa da Renner nem para dormir. " - caramba, que adultos serão essas meninas?

é um mundo muito complicado esse nosso..

mentoresdeluz.blogspot.com disse...

Acho estas pessoas de uma arrogancia e desconhecimento,invejavel sob re a vida e valores moraes,póbres de espirito,em sua triste vida vazia
pobres crianças,o que conseguirão
aprender de vida,Meu Deus perdoai-as
pois não sabem o que fazem
com meu mais profundo constrangimento marlene

soninha disse...

É cada um com seus valores...chega a dar pena de pessoas com valores como esses da reportagem!!!O que vai ser dessas crianças...

Marilu disse...

Querida amiga, excelente texto. Tenha uma linda semana. Beijocas

Yasmine Lemos disse...

mariana,é Ana Karla mesmo rss adoro ela.
seu post está demais de bom,tenho horror a tanta futilidade..
beijos

jader/zezi disse...

Mariana, querida amiga...sabes q ñ escrevo pouco...mas desta vez vou escrever poquissimo(hi ja escrevi demais)...ESTAS TEM AMEBAS NA CABEÇA E NÃO NEURONIOS.- um abraço.- jader martins.-

Carla Fernanda disse...

Coitadinhas gente!
Putz!
beijos e boa semana Mariana!!

AFRICA EM POESIA disse...

Adorei ver o seu post...

Lindo...

Vim deixar um beijo e obrigada pela amizade

C omeço por dar os parabéns
E é lindo chegar a estes números
M uitos anónimos passaram na África em Poesia

M uitos amigos vieram dar um beijo
I limitada a minha felicidade
L inda esta ligação bem forte...

V im a medo para a blogosfera
I maginava que não ia ficar
S em grandes ambições vim e adorei
I mediatamente chegaram amigos
T antos e tão bons que agradeço...
A braço-vos neste momento
N ão deixaremos de brindar com champanhe
T eremos o saboroso bolo de chocolate
E é graças a Vós que guardo no coração 100.000
S erei sempre vossa amiga-Gosto muito de cada
um de vós!

Ana Gaúcha _Professora disse...

vim deixar isto´p/ vcccccccc//

ALMAS PERFUMADAS!!!

""Tem gente que tem cheiro
de passarinho quando canta,
de sol quando acorda,
de flor quando ri.

Ao lado delas,
a gente se sente no balanço de uma rede
que dança gostoso numa tarde grande,
sem relógio e sem agenda.

Ao lado delas,
a gente se sente comendo pipoca na praça,
lambuzando o queixo de sorvete,
melando os dedos com algodão doce
da cor mais doce que tem pra escolher.
O tempo é outro.
E a vida fica com a cara que ela tem de verdade,
mas que a gente desaprende de ver.

Tem gente que tem cheiro
de colo de Deus,
de banho de mar
quando a água é quente e o céu é azul.

Ao lado delas,
a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisíveis.""
_______________*
_________________bjs*

Éverton Severo Maciel disse...

Dizer o que, Mariana? Lamentar e se apavorar, pois os monstrinhos estão se criando muito fortes. Será que alguma dessas crianças, ou seriam CRIONÇAS, já se sensibilizou com outras crianças, que, além de no irem à Disney não conseguem nem ir à escola? Crianças que não usam Dior, Versace, sequer Renner, e sim roupas velhas doadas, trapos muitas vezes? Meu Deus, tende piedade. Um abração querida amiga Mariana.

puroamor disse...

Se elas saõ felizes valorizando as grifes, se sejam.
Prefiro ser feliz de outra forma.

Vivian disse...

Bom dia,Mariana!!

Puxa!!Quase me deixou sem fala!!
Mas que valores????Não tem nenhum aí!!
Que triste né? Claro, cada um cada um...mas...é vazio demais...e o pior, elas nem percebem que a pior pobreza é a do espírito...
Beijos querida!!
Bom pra refletir, né?!!
É bom para perceberem que não depende do dinheiro para ensinar valores...tem muita gente pobre com um espírito mais iluminado...

Gilmar Morais disse...

Não há o que comentar, Mariana! Eu não li absolutamente nada relevante, exceto uma pequena estampa da "esquisitice" humana... infelizmente! É por conta de "contravalores" dessa natureza que a mesquinhez, o egoísmo e individualismo exacerbado habitam adultos esvaziados.

Meu carinho, Mariana!

Pensador disse...

Dispenso estes "valores"...

Beijos!

Mariana disse...

As crianças adoram tudo o que Disney faz, e a minha filha viu numa otica online uns óculos de sol e agora quer que eu compre! haha! e eu vou porque ela me convenceu.