quinta-feira, outubro 21, 2010

Os cinco nomes do segundo turno

Quem são os verdadeiros candidatos à Presidência do Brasil? Quem é o homem ou a mulher que realmente definirá o futuro do país? Nunca vi uma eleição como essa, em que os protagonistas são os que menos importam. É como se Dilma e Serra fossem apenas dois crachás fixados em peitos que não lhes pertencem. Não sei o que realmente pensam, o que realmente podem. São dois candidatos encostados.

Não sou a melhor pessoa para falar de política. Para ser sincera, devo estar entre as piores, o que libera você para virar a página e procurar a opinião de quem entende do assunto de fato. Ainda assim, como cidadã, tenho assistido a alguns programas eleitorais, aos debates, e conto com minha intuição, que não costumo desprezar. O que mais me perturba nesse segundo turno é que os personagens principais, Dilma e Serra, parecem coadjuvantes. Quem realmente está sob julgamento? Não eles.

Erenice e o nepotismo. Paulo Preto e a corrupção. Qual dessas criaturas foi mais acobertada? Qual deles estava mais próximo do poder e se sentindo mais protegido para cometer seus estelionatos contra o patrimônio público? Erenice e Paulo Preto: quem causou mais dano ou menos dano ao país e ao partido a que serviam? Se a gente responder com honestidade, ficaremos sem presidente algum.

Até aqui, estamos falando de escalões subalternos. O estrago feito por empregados. Mas o que dizer dos patrões? Mais uma vez, não é de Dilma e Serra que se está falando, e sim de Lula e Fernando Henrique. Não é reeleição, mas parece. A guerra entre populismo e neoliberalismo não se justifica mais, o mundo evoluiu e já não comporta essa segmentação estanque, porém Dilma e Serra seguem atuando como representantes de duas facções inimigas, e não apenas rivais. Em função disso, em vez de defenderem ideias, gastam latim à toa acusando o “lado de lá”, infantilizando uma eleição que deveria ser mais adulta.E, além de Erenice, Paulo Preto, Lula e FHC, ainda temos um quinto personagem correndo por fora, ele que nem precisa fazer campanha, é um eleito vitalício: Deus. Em seu nome, grande parte da população desarvorada do país não votará na pessoa mais preparada para ser presidente, e sim no servo mais fiel. O quadro é simplório. Subdesenvolvido. Cabe a nós decidir quem teve as falcatruas mais facilitadas, Erenice ou Paulo Preto? Quem tem mais força política, Lula ou Fernando Henrique? Quem desafiará Deus, o eterno bom de voto? Cinco nomes e um destino: o nosso. Aqueles dois cujos rostos aparecerão na urna eletrônica dia 31 viraram meros atores dessa pantomima.
Martha Medeiros
Fonte:ZH

22 comentários:

Eraldo Paulino disse...

Excelente texto. Bjs!

Marilu disse...

Querida amiga, excelente texto. Beijocas

Daniel Savio disse...

Infelizmente, sentia a mesma coisa, muito tempo para criticar e pouquissimas ideias confrontadas para a melhoria do Brasil "/...

Fique com Deus, menina Mariana.
Um abraço.

Cacá disse...

Perfeito , ou quase.. Só não concordo com a afirmação de que o mundo evoluiu. Se estiver como sinônimo de que o tempo passou, tudo bem, mas evoluir no sentido de melhorar, de se elevar, aí acho que não há concordância. Quanto à campanha aqui, já tinha visto baixos níveis nestas épocas eleitorais. Essa agora está batendo todos os recordes de mediocridade. Um abraço. paz e bem.

Isa mar disse...

Eu estou é com nojo disso tudo!
Não dá mais pra escutar o rádio ou televisão sem ter que suportar um monte de baixarias e ataques de todo lado.
Eu votei no 1° turno, mas agora vou anular meu voto, porque pra mim são tudo farinha do mesmo saco e cada dia vai aparecendo mais e mais sujeiras dos 2 lados afff
Nunca tivemos uma eleição assim, onde ficamos sem opção e ainda dizem: o seu voto pode mudar o destino do País, que jeito? se correr o bicho pega e se ficar o bicho come!
Beijos e um dia abençoado pra você!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá minha amiga
Excelente e oportuno texto. Martha disse tudo claramente. Parabéns pela escolha.
Beijos

ValeriaC disse...

Realmente estamos numa situação delicada amiga...beijinhos...
Valéria

Pelos caminhos da vida. disse...

Excelente texto amiga.

beijooo.

FERNANDO disse...

Oi, Mariana...
Não me lembro se mandei pra vc uma piadinha infame a respeito desse assuntos, mas enfim... Diz o autor da anedota que, a despeito das pesquisas, nem Serra, nem Dilma. Quem deve ser eleita é a mãe dele, embora nem seja cadidata, já que ele passou noites e noites telefonando para as pessoas e perguntando em quem elas votariam para presidente, e a resposta, invariavelmente, era "na puta que te pariu". (rs).
Beijos, dona moça. E que Deus nos ajude a todos.

Eduardo Medeiros disse...

Mariana, você está certa. Dilma e Serra são coadjuvantes de FHC e de Lula. E parece que o Lula enfim, vai conseguir seu terceiro mandato...

beijos

Diana Carla disse...

Situação bastante complicada...

otimo texto...

bjinhus...

brasildobem disse...

A clareza de Martha é sempre muito transparente.
Bjs

Toninhobira disse...

Uma boa reflexão sim, sobre o tocante sombra, pois se de um lado tem um sociologo pos graduado que não soube usar bem a maquina,de outro tem a sombra de um simples metalurgico que soube sabe lá como, fazer um governo melhor que o outro,para a grande massa,que deveria ser o alvo do sociologo.Então como vc bem disse parece uma reeleição entre as duas sombras.Quem vencerá? Um abraço de paz e dia de luz.

Guará Matos disse...

OI! O JORNAL AFOGANDO O GANSO/ http://afogandooganso.blogspot.com com intuito de se expandir se torna a partir de hoje um veículo multimídia e conta com você e seus amigo para que o crescimento seja verdadeiro.

Conheça as mudanças na página principal, onde apresento um “tutorial” com as novas opções e conheça o “Menu Suspenso” com os novos caminhos.

Aguardo-lhe,
Abraços.

FERNANDO disse...

Oi, Mariana.
Estou de pleno acordo com o que você disse. Também não sou versado em política, mas, como costumo dizer, considero-me integrante daquela minúscula parcela da população que tem um cérebro entre as orelhas.
Para não espichar o assunto mais que o necessário, limito-me a dizer que sou pelo Serra não por questões de simpatia pessoal por ele ou pelo PSDB, mas para ver se a gente consegue por fim a essa descarada roubalheira que vem sendo praticada desde que o lulopetismo se instalou em nosso pobre país.
Beijos, dona moça. Apareça "lá em casa" para mais dois dedos de prosa.

Mônica disse...

E agora? A gente leu, mas o que fazer?
com carinho MOnica

AFRICA EM POESIA disse...

gostei de passarpor aqui..
lindo

Sheila disse...

Posso,te dizer,que isto tudo é trite, nós não temos opção, o fato é que não podemos jogar o voto fora, então... vamos torcer para que ganhe o menos pior. É triste ter que dizer isto ,num país como o nosso tão cheio de gente de bem.Beijos.

Sheila disse...

Posso,te dizer,que isto tudo é trite, nós não temos opção, o fato é que não podemos jogar o voto fora, então... vamos torcer para que ganhe o menos pior. É triste ter que dizer isto ,num país como o nosso tão cheio de gente de bem.Beijos.

Yasmine Lemos disse...

terrivel falar neste assunto. Tudo é péssimo de assistir,ler. Admiro sua capacidade de conseguir ainda escrever sobre o tem, eu já cansei faz tempo rs
beijo Mariana

ONG ALERTA disse...

A política perdeu o sentido...
beijo Lisette

lis disse...

Oi Mariana
enfim o dia chegou, domingo vamos encontrar a cara dos dois e tentar acertar no melhor.
abraços