sábado, outubro 23, 2010

“Impostômetro” atingirá R$ 1 trilhão na próxima terça-feira

O Impostômetro,(ver link ao lado) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), vai registrar no próximo dia 26 (terça-feira), às 12h30min, R$ 1 trilhão de impostos federais, estaduais e municipais arrecadados desde o primeiro dia deste ano. Em 2009 o valor foi atingido 49 dias mais tarde, em 14 de dezembro. E em 2008, dia 15 de dezembro.

Este ano, há um cálculo aproximado de R$ 112 bilhões a mais do que em 2009, o que equivale a quase três arrecadações da antiga CPMF. _ Não entendemos, portanto, quais as razões que movem políticos a tentar recuperar a CPMF, ao invés de cortar gastos e despesas do governo para obter mais recursos para investimentos em saúde, educação, segurança e na infraestrutura do País _ afirmou o presidente da ACSP e Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti.

Para o presidente do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), João Eloi Olenike, a incidência tributária contribui para esse aumento da carga tributária, por exemplo, o ICMS, alavancando o crescimento de outros tributos como Pis e Cofins. _ A arrecadação tributária está crescendo 14% ao ano nominalmente e, se excluída a inflação, fica próximo de 10%. Esse aumento da arrecadação está diretamente vinculado às características de cobrança dos tributos no Brasil _ disse. Olenike observa que o crescimento do País em 2010 mais o combate à evasão fiscal proporciona resultados extremamente positivos para os cofres públicos.

Fotne: http://wp.clicrbs.com.br/blogdabela

Cadê este dinheiro??????????????

21 comentários:

Daniel Savio disse...

Infelizmente, a reposta é a mesma, tudo vai para os bolsos daqueles que não merecem, seja para continuar a farra, ou amplia-la...

Fique com Deus, menina Mariana.
Um abraço.

Eraldo Paulino disse...

Não tenho pena dos grandes empresários, porque esses sempre dão um jeitinho de sonegar (não todos, claro), tenho pena da maioria da população que paga literalmente o preço disso.

Majoli disse...

Oi minha querida, concordo com o comentário do Daniel.
E a gente fica por aqui, a ver navios...
Triste situação essa.
Beijos com carinho, saudades.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Com certeza, a resposta para essa pergunta encontra-se em Brasília, mais precisamente no "CONGRESSO NACIONAL". No meu bolso é que não está!

Beijos e ótimo final de semana.

Furtado.

Cigana do Oriente disse...

E ficamos sempre sem poder fazer nada, apenas pagar e pagar...
Beijos e bom fim de semana!

jader/zezi disse...

Mariana...q bom q arrecadamos bastante IMPOSTOS...o q se lastima e q este DINHEIRO SEJA MAL DISTRIBUIDO E O POUCO Q CHEGA LA NA PONTA DAS NECESSIDADES É BEM PEQUENO O MONTANTE...pois a grande maioria destas verbas, cai nas mãos dos CORRUPTOS E CORRUPTORES, ou seja os POLITICOS E OS MAUS EMPRESARIOS BRASILEIROS...ou alguem tem alguma duvida de q o GRANDE CORRUPTOR E O EMPRESARIO BRASILEIRO, q utiliza o POLITICO CANALHA,DESOSNESTO,LADRÃO,NEPOTISTA,PARA SUPER FATURAR SUAS OBRAS...A HISTORIA ESTA AI P/COMPRAVAR ESTA ACERTIVA.- um grande abraço.- jader martins.-

Cris disse...

Oi Mariana!
Sabe!?
Estou cansada.
Horário de verão?
Trabalho?
Pagar???
Enfim. Como eu disse no blog do Fernando (Dicas de informática Fernando Melis), "Temos que acordar e viver."
Beijo!

Wanderley Elian Lima disse...

Minha amiga, recriar a CPMF é muito melhor que acabar com as mordomias, afinal, foi para isso que eles foram eleitos.
Bom fim de semana
Bjux

ValeriaC disse...

Dinheiro sendo recolhido vemos o tempo todo...benfeitorias, quase nunca.
Beijinhos...
Valéria

Pena disse...

Sensata e Estimada Amiga Brilhante:
Olhe, há certas instituições ou organismos que desconheço no seu lindo Brasil.
Em Portugal há muita corrupção e desencanto, mas se se conseguir fundos para ajudar pessoas e a sua forma de vida de qualidade mínima é justo e bem-vindo.
Penso que é e não é este caso.
Desculpe a minha ignorância dos problemas do Brasil. Não estou ao corrente, preciosa amiga, espero que entenda e, já fui um político assumido, distante agora, mas sentido e apreciando tudo o que é feito para uma melhor existência de seres humanos que são seres humanos, entende, linda amiga?
Beijinhos amigos.
Sempre a respeitá-la e a estimá-la.
Prefiro que me fale de galinhas, POR FAFOR? rsrs
Sempre a admirá-la

pena

Bem-Haja, pela visita ao meu blogue.
É linda.
MUITO OBRIGADO, amiga sóbria e perfeita.

Anne Lieri disse...

Mariana,eu tb nunca vou entender tanta ganancia!O pior é que eles sabem que o povo passa necessidade!Bjs,

Gilmar disse...

O engraçado, Mariana, é que sabemos as respostas, todavia, não sabemos as atitudes que cabem a cada um...

Enquanto nossa "indecisão" persiste, os engomadinhos engravatados, truculentos donos do poder, nadam em ouro às custas da miserabilidade.

Até quando?

Meu carinho a você!

brasildobem.net disse...

Como sempre a gente vai esvaziando os bolsos e o governo vai enchendo.

Querida aproveito pra te pedir que troque o link do Brasil do Bem para

http://www.brasildobem.net/

Bjs

Toninhobira disse...

A fome de imposto é uma coisa vergonhosa neste pais,paga-se muito por tudo e retorno infimo,isto é o que nos indigna.Pagassemos e vissemos os efeitos nao estariamos aqui agora indignados sem respostas.O que falta neste país é a seriedade e transparencia.Há uma vaca que dá leite sem parar,mas o leite bom poucos tomam.E chegará um dia que vamos jogar o leite ruim que nos dão, na cara deles. E saiba nao acredito que nenhum candidato vá assumir mudar este rumo,pois são destes miseraveis impostos que se locupletam.Sem ilusão,devemos lutar por uma reforma já na tributação e que Deus nos proteja Mariana.
Meu abraço de paz beijo de luz nos seus dias.

Éverton Maciel disse...

Toda essa dinheirama tem que ser "loteada" para os milhares de terneiros guachos que mamam nas tetas da mãe Brasil. Um abração,Mariana.Ótima semana a todos.

piedadevieira disse...

Coitados de nós, brasileiros trabalhadores, desse país!!!
Sempre pagando a conta.
Abraços

ONG ALERTA disse...

E o que foi feito para melhorar???
Beijo Lisette.

FERNANDO disse...

Oi, Mariana.
É triste ver como essa monstruosa arrecadação é malversada (embolsada por políticos desonestos e investida em campanhas eleitorais para eleger gente do quilate da nossa querida terrorita, dentre outras finalidade ainda mais reprováveis).
Enquanto isso, saúde, ensino e segurança pública - dentre outras questões prioritarias - ficam ao Deus-dará.
Urnas, pessoal. Domingo que vem a gente tem que dar o primeiro passa pra modificar essa inominável patifaria!
Beijos, querida. Apareça pra dois dedinhos de prosa. O endereço você sabe, mas não custa lembarar, a quem mais interessar possa, que a gente atende no http://fernandomelis.blogspot.com

Celina disse...

OI QUEERIDA MARIANA TUDO DE BOM PARA VC, SÓ AGORA ESTOU TENDO A OPORTUNIDADE DE AGRADECER PELA VISITA E COMENTÁRIO. ESTIVE LENDO O TEU BLOG , ATÉ HOJE EU NÃO ENTENDO PORQUE ELES FAZEM TANTA QUESTÃO DO CPMF. SÃO INSACIÁVEIS! CRUZ CREDO! UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA

AC disse...

Também eu, eterno aprendiz, estou aqui para compartilhar. É por isso que a vou seguir.

beijo :)

Fusca disse...

E a sucessora nomeada por Lula quer o retorno da CPMF, seguindo ordens do Grande Líder, com o pretexto de ajudar a saúde. Mesmo tendo arrecadação maior do que duas CPMFs, esse governo nunca se importou com a saúde. Há anos, Lula disse que a saúde estava perto da perfeição (para ele e seus ministros, amigos e parentes, no Instituto do Coração e similares de São Paulo, onde o governo não é petista, ou no Hospital Sírio Libanês, que é particular e caríssimo.
Claro, o povo pagando, é a "perfeição", e até sobram 2,5 bilhões para o "pobre" Sílvio Santos.