segunda-feira, janeiro 18, 2010

Os nossos governantes e suas prioridades


Compreendo que o povo do Haiti precisa de ajuda de todos os países, o que não aceito é o Brasil doar 15 milhões de dólares (só perde em valor de doações para os Estados Unidos).
Enquanto nosso país há desabrigados, cidadãos sem moradias, sem saneamentos básicos e assim segue a lista:sem....
Todos “abandonados “pelos governantes.
Para mim isto é inadmissível.
Hj a tarde o Hospital Conceição em Porto Alegre estava com a sua sala de emergência superlotada; um paciente desferiu um soco num médico (como se ele fosse culpado pelo caos).
Tinha paciente com soro aguardando atendimento até do lado de fora da sala.
A responsável pelo hospital disse que parecia um "campo de guerra" devido a quantidade de pacientes.
Aonde está o dinheiro dos impostos?
Aonde está a verba que deveria ir para a saúde?

18 comentários:

Sonhadora disse...

Mariana
Admiro a sua coragem, fala sem medo ,assim é que deve ser.
eu como Portuguesa, não gosto de comentar as politicas internas, mas neste caso...eu morei no Brasil 2 anos, e sei que há muita miséria, ao lado de muita riqueza.


Beijinhos
Sonhadora

Chica disse...

É mesmo muito estranho isso. Parece que a solidariedade é apenas pra os outros verem...beijos, de SC,chica

Aprendizes do Beija-Flor disse...

É complicado...
As vezes não sabemos o que significa prioridade...
Muito complicado...
Abraços.
aprendizes.

Ângela Coelho disse...

Concordo contigo! Os prefeitos das cidades que tiveram tragédias como, inundações, secas, queda de pontes estão de chapéu na mão pedindo auxílio ao Governo Esttadual e Federal; para esta ajuda é necessário fazerem reuniões de ministros e ainda depende da assinatura do Presidente Marolinha. E o povo continua desabrigado, faminto e sedento. Só que o Brasil não dá ibope ao Presidente Lula. Vou postar sobre este assunto no meu blog.
Beijos.

Francisco Vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Francisco Vieira disse...

Concordo consigo...querem ficar bem na "foto" internacional. No meu pais passa-se a mesma coisa.

Cumprimentos

jader/zezi disse...

Mariana. minha querida Amiga...quando ha catastrofes desta ordem em qualquer lugar do Mundo todos nós devemos ajudar...o q se passou e passa ali no Haiti...não é uma PONTE CAIDA...UMA LAVOURA INUNDADA...foram 50 mil vidas ceifadas, talvez 100 mil...e muitos sujeitos a adquirirem doeças q os levarão a morte...pessoas q estao morrendo embaixo de lages...veja voce q aqui somente no transito por culpa de nós mesmos morrem por fim de semana 15 a 20 pessoas...e mais Mariana...entregar DINHEIRO DE MAO BEIJADA A PREFEITINHOS DE MERDA...é o mesmo q jogar no LIXO...as coisas tem q ter criterios...por isto é demorado...mas concordo q deveria ser agilizado...mas ocorre q os PREFEITINHOS NAO SABEM FORMALIZAR OS PROCESSOS, q estao cheios de erros...q faz a FAMURS E CONFEDERAÇÃO Q NAO CAPACITA PESSOAS NOS MUNICIPIOS PARA FORMALIZAREM PROCESSOS Q NECESSITAM DE URGENCIA?.- jader martins.-

Wanderley Elian Lima disse...

Concordo plenamente com você Mariana.
Beijos

Guará Matos disse...

Sou obrigado a discordar, Mariana.
Só para Angra dos Reis, Brasília enviou numa primeira etapa, 80 milhõs de Reais. E várias outras ajudas chegaram e ainda estão a caminho. São Paulo as verbas estão lá. Os outros lugares também. Só que no Haiti eles não tem nada, amiga. Nada! Mais de 80% vivem a baixo da pobreza, numa miséria absoluta. Milhares de crianças orfãs, pessoas multiladas aos milhares também, não tem nenhuma infra-estrutura, não tem água, comida e amor. O Brasil é o país que representa a ONU no Haiti.
Agora tem outra coisa. As cidades brasileiras tem prefeitos e vereadores, ficam em Estados da Federação que tem governadores, senadores e deputados federais e estaduais. Além de ministro disso e daquilo. São canais diretos para verbas. Agora o que eles fazem com essas verbas, não é problema do povo haitiano.
Para mim é difícil ver pessoas sem a menor esperança e nós, pode até parecer que não, temos tudo haver com aquilo. O povo do Haiti faz parte da raça humana e para mim, são nossos irmãos. Vivem fora de nossas fronteiras, mas, merecem todoa a atenção e carinho.
Solidariedade é para todos.
Os prefeitos estão recebendo dinheiro, porém desviam essa verba para o inferno! É só ir ao Nordeste. As verbas contra a seca vão para fundaçõee, ongs e o diabo.
A verba de despoluição da Baia de Guanabara veio com sobras, pra onde foi? Hahahaha!
Repito, O ministro Gedel Vieira liberou 80 milhões para Angra.
As verbas contra enchente de Santa Catarina, pulverizaram. As encostas continuam descendo e as vias alagando e colocando as casa debaixo d´água.
Olham, eu não votei no PT e no Lula, Nunca!!!! E não votaria. Entretanto sou justo.
Aqui, no Rio e São Paulo, mesmo a população das favelas ou áreas carentes que vivem no sufoco, conseguem se virar. Lá, só a morte.
Bom, podemos ecolher o que queremos para eles. A minha escolha esta feita. Devemos ajudar!
Deus é de todos e para todos.
Bjs.

Pena disse...

Brilhante e Sensível Amiga de sonho:
Escreveu e constatou uma verdade inequívoca.
Há prioridades, mesmo que elas impliquem dores imensas.
É sensata e muito sóbria no que sente.
Beijinhos amigos de um respeito e admiração gigantescos.
Sempre a lê-la atentamente pela pureza e franqueza que vão em si.

pena

Bem-Haja, sensível e preciosa amiga.

estrella disse...

es entendible amiga si existen personas en igualdad de circunstancias, pudiera se logico e inaceptable para quienes ven el diario padecer de los mas marginados, que el gobierno envia apoyos y no se les apoya, a su mismo pueblo, un abrazo amiga y bendiciones con amor...luz estrella

Elaine Barnes disse...

Acho que devemos fazer o bem sem olhar a quem. Nunca desvestir um santo para vestir outro.Todo o mundo merece ajuda de todo mundo. Somos irmãos.Deveriam nossos governantes colocarem 15 milhões de dólares na nossa miséria e também 15 milhões lá, no Haiti.Todos merecem ajuda. Fazer a parte deles aqui que é obrigação e a solidariedade lá que é um caos generalizado de um pais em ruinas e mortes.Só nos resta rezar e pedir a Deus que olhe por todos. Muito triste.bjs

anjo só disse...

não se preucupe não, é só mais uma lorota do governo lula, ele vive liberando verba, mais na prática nunca chega , é na enchente é na seca e assim vai.....!

angela disse...

Boas perguntas Mariana.
beijos

Guará Matos disse...

Desculpe-me mais um vez e antes de ser acusado, ratifico minha posição de anti-PT e anti-Lula. Porém igênuo não sou. As verbas chegam sim, senão os prefeitos e governadores não confirmariam e a grande mídia que esta marcando o Governo Federal em cima, não diria que foi depositada nas contas dos estados e municípios. Querem falar mau do governo? Eu topo. Mas com base, gente! Falar por falar, só pra destilar raiva, é inócuo. O dinheiro tá aí, é só usar.
Mas infelizmente vivemos no país dos Pitas, Malufes, Cozolinos, Sarneys, Magalhães, Arrudas, Genoinos, Dirceus, Jefersons, Roseanas, Azerdos, João Paulos Cunhas, Charles e uma porrada a mais de gente a toa.
Tem que ajudar o Haiti sim.
Solidariedade não para ser apenas citada e sim, praticada e para mim todos são iguais. Não sou árvore para ter raiz e a Terra é minha casa. Sou brasileiro, porém, do mundo.

everton disse...

Acontece, Mariana, que até nessas horas a nossa horrorosa classe "governante" pensa como pensa sempre: Tem que fazer algo para aparecer nos holofotes. Dinheiro prá arrumar as pontes, tirar a população do atoleiro, isso não tem. Não dá visibilidade. Ou tú já viu inaugurarem tubulação de esgoto? A situação do Haiti é um desespero só e, em cima dela, estão fazendo guerra de vaidades, do tipo quem "ajuda" mais.Com as honrosas e veneráveis exceções. Um abraço.

Blog do Mensageiro disse...

Isso é política de quem se julga estadista e quer deixar sua marca no mundo. Ajudar um país que vive o caos através do envio de medicamentos e voluntários ainda vá lá, mas mandar milhões quando a população local (em determinadas situações tão miseravelmente identificada com o próprio Haiti) carece de infra educacional, habitacional e de saneamento básico, chega a ser uma piada de mau gosto. Parabéns pelo texto e obrigado por sua visita, Mariana, estarei sempre por aqui!

Daniel Savio disse...

Infelizmente, o valor da doação vai se o de menos, pois se realmente mantessemos a vigilia nos atos dos nossos governantes, eles teria mais dinheiro para investir para a nossa população...

Fique com Deus, menina Mariana.
Um abraço.