sábado, agosto 13, 2011

Amor de pai: pintor larga o trabalho para se dedicar ao filho portador de leucemia

No final de semana do Dia dos Pais, Luís Carlos Albuquerque Gonçalves, 30 anos, tem muitos motivos para comemorar a data ao lado do filho. A história de Kauan Mulhmann Gonçalves, de três anos, causou comoção no Estado. Em dezembro de 2009, o menino de Caxias do Sul recebeu diagnóstico de leucemia.
De um doador norte-americano veio a esperança para a cura e, há pouco mais de três meses, o transplante. Para garantir o futuro a Kauan, Luís transformou sua rotina, com a calma de quem acredita na força da dedicação. Pai e filho dependem de programas do governo, entidades e doações para viver.
Todas as manhãs, por volta das 10h, o pai prepara a papinha de bolachas para o filho. Logo disputam partidas de videogame ou corridas com os carros de brinquedo.
— Eu sou melhor — conta o menino apaixonado por motos e fuscas, com a aparência esperta que, de modo algum, transparece as deficiências do organismo.
Durante as tardes, uma caminhada até o mercado para comprar salgadinho ou uma volta na praça do bairro distraem a dupla. Pausa, somente para tomar os remédios ou viajar ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre para fazer exames e receber medicação, duas vezes por semana.
Embora pareça pouco convencional, o dia-a-dia de Luís e Kauan já esteve mais atribulado. Desde que descobriu a doença, o pintor trocou as latas de tinta pelos frascos de remédio. Passou a encarar horas de viagem até a Capital para tratamentos médicos. Acostumou-se a dormir em poltronas de hospitais. Mas não há dificuldades que o abatam.— Sempre levantei a cabeça e fiquei tranquilo. Perdi um irmão por leucemia há mais de 20 anos, isso está sendo uma prova de Deus. Tenho coragem, força e vou lutar pela saúde dele até o fim — diz Luís, enérgico.
Além da ajuda pública  e de entidades, pai e filho receberam doações entre R$ 10 e R$ 2 mil na poupança aberta em nome de Kauan. Os auxílios são suficientes para garantir a rotina que a dupla não escolheu levar. Mas ainda há uma etapa pela frente: conseguir uma casa onde possam morar.
Fonte:Zero Hora 13/08/11

21 comentários:

Pepi disse...

Belo exemplo de amor e dedicação
Lindo!
Um ótimo fim de semana
Beijinhos de
Verena e Bichinhos

Tunin disse...

Quanta dedicação! Muito bonito! Excelente texto! Abração.

Valquíria disse...

Minha amiga, esse caminho eu fiz, com minha pequena Valéria, depois de três anos de luta, a perdemos por não achar um doador compatível de medula.... isso foi a 16 anos, mas hoje vejo o avanço da medicina, tenho certeza que o garoto vai conseguir, e parabéns ao pai, realmente é impossível viver essa situação sem ficar de dentro. Abraços a todos.

Judite disse...

Boa tarde!

Esta é a mensagem de Deus para você neste fim de semana:

"Pode uma mulher esquecer-se daquele que amamenta? Não ter ternura pelo fruto de suas entranhas? E mesmo que ela o esquecesse, eu não te esqueceria nunca. Eis que estás gravada na palma de minhas mãos". (Isaías 49:15 e 16a)

Que o seu dia dos pais seja repleto do amor do maior de todos os Pais!

http://www.youtube.com/watch?v=psbf6yPiZZA

Deus seja contigo.

Blog Yehi Or!
http://hajalluz.blogspot.com

Toninhobira disse...

Uma bela historia de amor e dedicação para superar um monstro.Eu conheço historia similar em familia.Que seja bem sucedido o Kauan.
Um abraço terno amiga.
Coincidencia á parte estava revendo o video de Familias ausentes e notei que foi postado em 13/10.

Toninhobira disse...

Ops, falha minha Video Vidas Ausentes.

Terê. disse...

amiga, essa mulher é muito corajosa, eu a admiro mesmo porque eu não tive coragem de subir ao altar nem uma vez, bju terê.

Wanderley Elian Lima disse...

\o/ \o/ \o/ ela voltou. Olá amiga bom estar aqui novamente. Comovente e corajosa atitude desse pai. Que Deus os proteja.
Bjux

ONG ALERTA disse...

Mariana bem vinda ao blog, deixamos tudo por amor...mas amor verdadeiro, beijo Lisette.

Vânia de Santana disse...

Boa noite, Mariana. Por favor, visite o meu blog http://mensagemaosespiritas.com/

Lá tem uma mensagem exclusiva para vc, ok!

Espero que aceite o convite e continue a divulgação.

Uma semana abençoada...

Beijos de luz, Vânia.

Eu tenho um blog que se chama Bosque das Águas

http://bosquedasaguas.blogspot.com/


--

Anne Lieri disse...

Mariana,os pais fazem mesmo de tudo para ver um filho bem,quanto mais nesse caso tão comovente!Linda sua postagem!Bjs e boa semana!

Pensador disse...

Que história linda, Mariana!
Que o exemplo deste pai possa influenciar tantos outros a darem um pouco mais de atenção aos seus filhos.
Beijos!

mimbre disse...

Hola Mariana...
Realmente estoy conmovido por la historia...El padre deja todo por estar con su hijo, un gesto de amor y hace honor a su condición de padre¡ Pero también es recatable la acción del donante, de EE.UU. El SEÑOR nos tiene reservados camino no pensados por nosotros¡¡
Gracias por tus palabras¡
Un abrazo enorme
Osvaldo
PD: Siempre paso y te leo...aunque no comente¡

LUCONI disse...

Mariana que bom que te reencontrei,menina não sei porque não conseguia mais entrar em teu blog, hoje sem querer no blog de uma amigo o Tunin, vi o seu comentário lá e pensei agora eu consigo, pois bem menina agora não mais me separo de ti, adoro teu blog e vou levar a tua foto para o meu blog de textoscontextosereflexões, ficará na lateral entre as almas iluminadas, agora este teu texto muito me emocionou, que luta, mas eles vencerão com certeza, beijos Luconi

LUCONI disse...

MARIANA JÁ ESTÁ LÁ EM ALMAS QUE RELUZEM NA LATERAL DO BLOG, BEIJOS

Celina disse...

Oi querida tudo de bom para vc, são exemplos como esse que a esperança e a fé nos acompanha, bonito gesto e dedicação desse pai só nos emociona e faz acreditar ainda na humanidade. Abraços Celina.

Cacá - José Cláudio disse...

Oi, Mariana! Isso é um gesto que mais demonstra a nobreza humana, a doação e o amor incondicional. Vale a pena lutar e essses lutadores são pessoas que nos dão lições de como viver na adversidade sem deixar que o abatimento tome conta de nós por causa de problemas.

PS: o meu irmão, eu o perdi em junho. Foi uma luta incansável também, mas valeu a pena pelo carinho e atenção que recebeu, sendo amado até o último minuto.

Meu abraço. Paz e bem.

Janeisa Tomás disse...

Fiquei emocionada, muito amor deste homem por este filho. Bjs

Maria José Rezende disse...

Um exemplo a ser seguido por todos. Bela postagem. Estou de volta depois de um período de férias. Abraços.

ONG ALERTA disse...

Beijo amiga Lisette.

Vânia de Santana disse...

Boa noite, Mariana. Texto maravilhoso! Um excelente final de semana. E por favor, faça uma visita ao meu blog de poesias, pois tem um recado pra você. A mensagem é tas as coisas que eu amo! Um abraço, Vânia